Carro velho

E aí que este mês eu termino de pagar o Corsa (aplausos!), e já vou vender o coitadinho. Tenho contas a equilibrar, e calculo que vão me sobrar uns 10 ou 12 mil reais. Como quero evitar entrar em outro financiamento, quero comprar outro carro à vista. Só que não quero carroça: me acostumei com travas elétricas, direção hidráulica, a veadagem toda; me cansei de motor 1.0. Minhas opções, portanto, se reduzem a carros com mais de dez anos de fabricação, a maioria importada. Já sei das restrições: seguro, só contra terceiros. E não sei o que é mais difícil: encontrar peças ou vender o danado. Mas não me importo de me casar com um carro, desde que ele preste — e seja de boa família. E só uso carro nos fins de semana. Então fiz uma lista de possíveis candidatos a ocupar a vaga em minha garagem, ou melhor, no estacionamento da Rua Aurora:

Esse negócio está um inferno. A marida não agüenta mais me ouvir falar em carro; justo eu que nunca liguei para isso. Cada dia eu chego em casa decidido por um modelo; ela quer me jogar pela janela.

Minha lista tinha também o Ford Taurus, mas o motor 3.8 bebe mais do que corno inconformado. O Jeep Willys é o grande sonho de infância, mas é impraticável como único carro: bebe mais do que o Taurus, anda muito menos, é desconfortável e coisa e tal. Ainda vou ter o meu, mas só quando tiver condições de sustentar dois carros. Quanto aos coreanos, não sei se prestam mesmo. Os donos dizem que sim, mas se fosse verdade só tinha carro coreano no Bom Retiro. Não é o que acontece: coreanos e judeus parecem gostar de carros japoneses (os bolivianos dirigem máquinas de costura).

Porque estou contando isso tudo: é muito difícil decidir tendo por base só os fóruns, clubes online e comunidades do Orkut. Cada proprietário diz que seu carro é o melhor do mundo, sem apresentar argumentos. Os detratores do carro fazem a mesma coisa: “Esse carro é um lixo porque é velho/importado/desvalorizado/invendável”, mas não se esforçam para provar seu ponto de vista. Bom, então o negócio é apelar para meus distintos leitores. Só aceito opinião de quem tenha um desses carros, ou conviva com alguém que tenha. E não adianta vir com “Ah, se eu fosse você eu não entrava nessa roubada”, porque eu já decidi comprar um carro velho, barato e ficar alguns anos sem entrar em financiamento.

Diga aí

126 comentários

  1. Conselho de amigo: acha outra coisa para vender ou refinancia tuas dívidas por um juro menor. Não vale a pena comprar algum desses carros, o custo de manutenção desses carros vai às nuvens. O seguro e o IPVA é o de menos. Outra coisa: não entre em nenhum tipo de financiamento por enquanto, é o pior momento para isso.
    E, se você quer conforto com estilo, : babe, do the right thing.

  2. Palpite de quem não tem nenhum desses carros, mas acha que não é roubada nenhuma ficar longe de financiamento: Subaru.

  3. Cara, difícil pra cacete. Só posso te falar da minha experiência com um carro que não tá a tua lista. Tive um Kaddet 95 a álcool. Carro confortável, com todos os tremeliques (ar, direção, etc e tal), bebe consideravelmente, anda pra cacete e não me deu problema NENHUM. Seguro barato, manutenção barata. Passei pra frente com 300.000 km e nunca me deu dor de cabeça. Pode ter sido sorte ou sei lá. Fica o depoimento. Dos outros da tua lista não posso falar nada, exceto do Mondeo que tenho dois depoimentos que dizem se tratar de uma merda de carro pra manutenção…

  4. Posso falar um pouco do Escort. Minha irmã teve um, mais ou menos desse ano (1997). Quando você tem um carro, passa a reparar mais nos outros carros do mesmo modelo. Ela começou a reparar que vários Escorts quebravam na rua. Não demorou para ela começar a protagonizar as quebras (muitas vezes na parte elétrica). Depois dessa lição aprendida, está com um Corsa Sedan.

    Eu iria fácil de GM, pela confiabilidade. Pelo mesmo motivo fugiria de FIAT como se fosse a peste, ainda mais em se tratando de antigos (sei que não está na lista, mas não poderia perder a chance de falar mal da marca). Mas se for pra aliar confiabilidade com equipamentos de conforto, talvez seja o caso de pegar um Spectreman mesmo.

    Boa sorte na empreitada.

  5. Quer comprar um carro velho, barato, que não quebra, é confortável e cheio de modernidades? Toyota Corolla.

    Falo com o conhecimento de quem teve um (ano 2000). O carro simplesmente não quebra (o que é uma preocupação para quem resolver comprar carros mais antigos e não quer gastar muito dinheiro).

    Como você mora em São Paulo, encontrar peças e reparos fora das autorizadas é bem fácil, o que diminui – consideravelmente – o custo com manutenção.

    Só uma dica: quando for comprar, vá com alguém que entende de chaparia, para não comprar um carro batido e reformado. Isso sim pode ser uma dor de cabeça – seja lá qual carro você compre.

  6. Bem lembrado, Junior. Também pensei no Kadett. Mas sei lá, gosto do Monza. Deve ser a mesma coisa. Não?

    Bispo Ronaldo, vou considerar seu comentário como um voto a favor do Monza, do Corsa Wagon, do Subaru e do Corolla. E vou começar a reparar nos Escort por aí. Quanto ao Fiat, também nem considero. Coça a mão pra comprar um Tipo ou um Tempra, mas é cagada demais, mesmo para mim.

  7. Olha, compra qualquer um destes, MENOS o Renault Clio antigo (modelo argentino, pra piorar). Não à toa eu só o chamava de Ferrault Clio, de tantas vezes que proferia a frase “Xii, ferrô”. O bicho me deixou na mão milhares de vezes, com todo o tipo de problema.
    Da sua lista, eu compraria o Corsa. Mas tem uns que devem ser melhores (na sua lista mesmo).
    Em casa temos – divido com a minha mãe – uma Xsara Wagon 1999 e eu tô cansada das vezes em que já quase fui assaltada em faróis (com o Ferrault Clio eu FUI assaltada, e pelo menos três vezes. Duas delas com arma. Não é à toa que fui atrás de terapia e tive uma crise fortíssima de síndrome do pânico e de stress pós traumático que me paralisaram, mas isso é assunto pra um post meu que venho enrolando há semanas). Neguinho não quer saber que o carro pode ter custado menos que um nacional. E mulher sozinha dentro de carro é presa mais fácil mesmo.
    Meses atrás minha mãe comprou um Fusca pra ela (lindo pra dedéu, quase todo original, ano 67. Ela ama Fusca, já teve vários) e passou a Xsara pra mim, tipo “toma que a filha é tua!”. Tô no mesmo dilema que o seu. Quero vender e trocar, mas por um nacional que chame menos a atenção. A gente podia fazer um rolo e trocar pau a pau os carros, hein? Te garanto que a Xsara é um PUTA carro. Eu é que não consigo mais quase entrar nela e ter a sensação de insegurança o tempo todo comigo. Tem dias que tenho vontade de comprar uma Brasília velha, te juro. E ainda ter a pachorra de colocar nela um Car System, esta coisa do Demo que todo pobre coloca e aciona de dez em dez minutos pra avisar o bairro que tem carro e que ele é “visado” (cof, cof).
    Ah sim, a parte de trocar os carros foi piada.
    E outra, a sua marida tem motivo de não querer mais escutar vc falar nisso. Eu mesma não agüento mais conversar sobre o que fazer com este trambolho, com meu irmão, minha mãe e um ou dois amigos com mais paciência pra me escutar. Todos eles já me detestam e estão quase falando “troca por uma Brasília ou Voyage mesmo e cala a boca, então”.

  8. Tive dois monzas, e bebem bastante também, mas em matéria de conforto eles matam a pau.
    Honda Accord é uma nave. Hoje, tenho um Civic 2000, tô com o bichinho já tem dois anos, e te garanto que foi o melhor negócio que já fiz. Automático, econômico, completíssimo, e não dá mecânica de jeito nenhum… e por ser carro ‘de família’, o seguro é uma piada.
    Eu recomendo o Civic. E tenho dito.

  9. É cara, se eu fosse você ficava com o Escort.

    Mas o 96, que era construido pela Autolatina (aquela união da Volkswagen com a Ford).

    Ou se não Kadett ou Monza mesmo.

    Não que eu entenda de carros, hahaha!

    Acho que a melhor opção mesmo era comprar um Uno zero, mas dai é um investimento de 22 mil, e sem as “frescuras”…

  10. Me apaixonei pela marca e pelo carrinho que comprei há 9 meses: Citroën Xsara. O meu é um hatch ano/modelo 99, versão exclusive. O melhor carro que eu já tive. Motor 1.8 16V a gasolina que faz quase 10Km/l, airbag duplo, freio ABS a disco nas 4 rodas, controle de estabilidade incrível, que permite fazer curvas quase quadradas a 80, 90Km/h, bancos de couro, conforto incrível e toda a veadagem de sempre: ar condicionado, vidros, travas e espelhos elétricos, faróis de milha, volante escamoteável total, controle de som no volante e tudo mais. É um carro que eu só troco se for por outro citroën. E tudo isso pela bagatela de R$16.500,00. E a manutenção não é tão cara quanto pensam. Em resumo, é uma excelente relação custo/benefício! E o seguro não é caro. No meu perfil, 23 anos, um seguro completo saiu por R$ 2.300/ano. Boa sorte na sua aquisição!

  11. Cara, entre as opções eu fico com o Ford Escort. Só me deixou na mão uma vez, por causa do câmbio. De resto, ele anda bem, é espaçoso e não é gastão. Você pode ver também a perua Escort SW.

    Como Fã da Gurgel, te recomendo o Gurgel Carajás, com mecânica “que-funciona-até-embaixo-de-chuva-de-canivete” da VW. Ou você pode tentar comprar um BR800 minivan, cujo único protótipo está nas mãos de um tiozinho em SP

  12. Minha ex tinha um Escord “Weekend” 1900 e alguma coisa e era beeem bacana… espaço pra ir pra um Drive-in e num bebia muito, fora que era difícil deixar na mão…

  13. Marcuaurélio Daewoo é um carro ordinário e desconfortável. Tive um e fiquei muito mais feliz quando vendi que do comprei
    Não compensa a economia.

  14. Léo, o Civic eu também quero, que não sou besta. Mas com o meu orçamento só dá para comprar um 1993. Aí fico com meda.

    Douglas 1, mas por que o da Autolatina?

    Douglas 2, falaram mal de carro francês pra mim, fiquei desconfiado. E meu orçamento não dá pra comprar esse Xsara 96, né? Talvez um Xantia mais véio.

    Fernando, precisava mesmo mencionar o drive-in???

    Rosa, fiquei triste agora. O Daewoo é um dos meus preferidos…

    1. Ele disse o Escort da autolatina pq ele usa motor ap mecânica Volks usada no Santana e no gol uma mecânica Boa é resistente pq os escorts mais antigos usam mecânica cht um lixo só quebra

  15. Desses que vc citou eu recomendaria o Accent. É um ótimo carro, o modelo 95 / 96 é bonitinho demais e ainda tem a opção de automático. É um belo carro e pra mim não tem defeitos. E não, eu ainda não tenho um. 🙂

    Eu tiraria o Mondeo da lista, ele é um puta carro mas bebe pracaralho.

  16. Tou na mesma situação, e tem um que você não considerou: Astra e Vectra “importados”, os 94 e 95. São muito melhores que Kadett e Monza, são sempre 2.0 (o Vectra GSi é 16Valvulas, mas fuja, manutenção é zicada), e você pega um Vectra CD 2.0 Automático, completaço, com airbag, abs, apliques de madeira, etc etc etc etc por $14-15 mil. Eu fugiria de Subaru por ser foda de peças. Já o Accord (ou o Taurus) eu abraçaria, porque foram os carros mais vendidos nos EUA por mais de 10 anos, então peças são conseguidas facilmente (lá), pelo eBay.

    Qualquer coisa manda um email pra gente trocar idéias sobre isso.

    Abraços

  17. Corsa wagon com certeza. Você gasta uns 1.000 reais a mais e faz uma revisão completa, troca os pneus e esquece… Só daí um ano ou mais (isso se não for disputar um racha. :P). Só tem um porém: se vc for muito alto ou acima do peso pode se sentir um pouco desconfortável, mas isso sinceramente é o de menos.

    Pensou em um Logus?

  18. Marcão, você devia comprar um daqueles ônibus da Viação Cometa. O modelo Flecha Azul VII é equipado com motor Scania K-113 CLB, de 360 cavalos, câmbio automático Scania Opticruise e carroceria de aluminio. Com esse ônibus, você gasta pouco combustível e atropela carro 1000 na estrada. Se quiser, no final do dia você transforma o ônibus em lotação. Só um problema: um ônibus desse custa uns 80 mil reais.

  19. Eu gostaria que vc comprasse um Escort. Seu blog ficaria muito mais divertido com as diversas aventuras de problemas com o carro.
    Já tive um desses e quase troquei por uma bicicleta só pra me livrar daquela merda.

  20. Estive numa situação remotamente parecida no ano passado.
    Situação de optar por um carro velho e barato. Meio que por falta de opções eu comprei um escort 1997 – 1.8 16V com direção hidráulica. Ele exigiu uma revisão pesada no ato da compra, só por garantia (correia dentada, velas, filtros de ar e oleo, duas buchas de suspensão e uma borrachinha de sustentação do escapamento).
    Depois disso fiquei com ele por mais de um ano. só alegria. Motor excelente (o zetec da ford é bastante potente, embora o consumo seja um pouco elevado – +/- 10km/l na gasolina) confortável (a ford está entre os melhores acabamentos do mercado nacional). Essa revisão nao ficou muito cara (mas nao lembro o preço). Enfim: talvez por sorte – que também é um fator importante na compra de carros usados (ainda mais com mais de 10 anos – nao me arrependi de ter optado pelo escort.

  21. AHAHAHAH comentário do Fabiano winz!
    Bem, nunca comentei, mas vc tb nunca tinha pedido né..
    Então. Analise racional: não comprar carros com mais de 10 anos. E não comprar nada acima de 1.6, gasolina sempre vai ser cara, e com gasolina sendo cara, álcool segue o mesmo rumo.
    Monza, o mais novo seria 1994. Velho demais, vai ter que ficar passeando atrás de peças que, seja boa ou ruim a mecânica, sempre precisam ser trocadas. Fora que as peças podem não ser mais encontradas com facilidade, né. Não recomendaria.

    Honda Accord era o mais vendido nos Estados Unidos, a um tempo atrás. Não sei se ainda é, e tou com preguiça de procurar. Liderou por uns bons anos, logo, deve ser bom, porque pra norte americano comprar carro japonês, só se a coisa for mesmo boa, ou a publicidade for forte.
    Corolla disputava com Accord, logo, supõe-se ser bom também.
    Se você quer um carro bonito, são duas boas escolhas.

    O Impreza é carro esportivo, caso goste, prefira este. Não tem visual esportivo, mas anda bem e tem motor fácil de preparar/ envenenar. Não sei se é sua opção.

    O Corsa seria a opção racional. Eu compraria um Corsa, o mais novo que meu dinheiro pudesse pagar. Manutenção simples e conhecida por qualquer oficina de esquina, fácil de revender, econômico se você pegar o 1.6. Você não chama tanta atenção quanto se tivesse de Accord ou Impreza, e não sente tanta satisfação pessoal ao olhar e falar “nossa, que carrão eu tenho”, mas ele tem todas as frescurites requeridas e é nacional.

    Os outros não conheço.

  22. Disse e repito: Accent na cabeça. É econômico, quebra pouco e, ao contrário do que podem dizer, tem peças sim, há pouco tempo eu fui com meu tio trocar o fluido do câmbio automático e a gente foi compras as peças em um cara especializado nessa marca.

    E embora eu ache o Taurus tentador (o Robocop dirigiu essa porra!), ele bebe bastante e eu excluiria.

    Quanto ao Corolla antigo, beleza, é um ótimo carro mas é feio que nem a fome.

  23. Marco,
    o Douglas comentou do Escort 96, porque foi quando o Escort passou a usar motor Wolkswagen, se não me engano o mesmo do Gol na época, muito melhor do que o motorzinho da Ford. O Escort passou a ser um bom carro para a época com esse motor.

    Carros importados costumam ter manutenção mais cara mesmo e dificuldade para conseguir as peças. Quando mais antigo, pior é.
    Se optar pelos importados, veja bem a quilometragem e o estado do carro, especialmente a mecânica. Por mais robusto e confiável que seja a marca, nenhum carro rodando nos buracos de São Paulo agüenta por muito tempo sem quebrar algo (isso vale para os nacionais também, claro).
    Nos carros mais cheios de “fitulas”, confira também a parte elétrica, como acionadores de vidros, injeção eletrônica, etc. Com o tempo e uso contínuo, essas peças começam a dar problemas, e ninguém merece vidro elétrico que não sobe sem uma ajudinha manual, entende?

    Não esqueça de se certificar do estado do motor. Comprar um “pau véio” e ter que fazer motor em seguida é foda.

    Dos modelos citados, eu prefiro o Corolla, mas pela sua faixa de valores, você só pega os muito antigos, o que preocupa um pouco, pelo estado e pela manutenção.

    Dos nacionais, eu prefiro os da GM, que costumam ser mais robustos. O Monza é um carro robusto e elegante. Eu curto a linha Classic, pós 91, com aquela frente mais bicuda, motor 2.0.

    O Kadett era um bom carro também. Está fora de linha desde 98, mas é um GM, então ainda dá pra se arrumar peças. Embora eu ache o design meio feinho, ele fica lindo conversível, parecendo um modelo antigo da Mercedes.

    Em suma, dá pra discorrer laudas e laudas sobre carros. Cada um tem o seu preferido, seus amores e suas dores (quem tem Fiat sabe e sofre). Mas que fique anotado: comprar carro velho é sempre uma aventura.

  24. Desses da lista o meu preferido é o Subaru. Principalmente pelo motor forte e bem resistente e pela tração 4×4 na maioria dos modelos do Impreza (Sedan ou SW) e em todos os Legacy.
    Não da pra desmerecer nenhum dos carros da lista, são todos muito bons e se forem bem cuidados não dão tantos problemas.

    Boa sorte na compra.

  25. Eu dividia um escort 94 (2a geração) com minha mãe e tenho uma coisa a dizer: fuja!
    ele teve todos os problemas que vc possa imaginar. do motor de partida a caixa de direção. Teve que ser guinchado umas 3, 4 vezes.
    sem contar a manutenção que é caríssima

  26. eu tenho um palio 1.6 16v 1997, com direção hidráulica. faz 11 quilômetros por litro, nunca deu nenhum problema mais sério, e as peças dos palios mais novos servem nele numa boa.

  27. oi, vou defender o Escort um pouco, tive um hobby 1.0, 1996 por 4 anos, vendi ele há dois anos, gostei dele, tive bem poucos problemas de manutenção, em 4 anos ele me deixou na mão só duas vezes, considerei uma média boa.
    Vamos as vantagens, comprei barato, era bem econômico no combustível (tá certo que 1.0 não anda muito mesmo, mas era) nas duas vezes que tive problemas mecânicos, uma foi nos freios e outra no motor de partida não foi uma despesa muito alta e consegui vender fácil depois.
    E as desvantagens: a falta de conforto evidente, você fica sem ar condicionado, sem vidro elétrico, sem possibilidades de ultrapassar qualquer coisa, subia os morros aqui da Serra Gaúcha só admirando a paisagem.
    Agora independente do carro, acho que você faz uma escolha boa comprando um carro mais antigo, foge dos financiamentos e ainda tem um carrinho pra passeio, eu fiz isso até poder comprar o meu um pouquinho mais novo e não me arrependi.

    Boa sorte de qualquer maneira.

  28. Marco, um conselho: por mais que um monza seja um sonho de infância, posso te falar de um grande amigo que seguiu nessa mesma pegada. Resultado: o carro o deixou na mão diversas vezes no meio da BR, isso sem falar do temperamento do bendito (o carro), que era tão genioso que ganhou o apelido de Pára-e-vai (por só funcionar quando quisesse – e não era nada mecanicamente compreensível. Resumindo: não compre um Monza. Mas essa é só minha opinião, boa sorte na compra!

  29. Vai de Corsa Wagon 1.6 a álcool. É duro de achar, mas se encontrar uma boa de lata e de motor, é um bom investimento, apesar da careza das peças da Chevrolet.

  30. Já que vc pediu opinião… eu não compraria importados/nacionais de luxo… já tive uma experiência terrível com um Marea… o farol quebra e vc gasta os tubos!
    Eu ficaria com o Corsa Wagon, até porque, adoro wagons!

  31. Cara, desculpa então pela indicação do Civic. É que vi o Accord na tua lista, imaginei que o Civic fosse mais barato;
    o meu é um 2000, eu paguei 23 mil nele, há quase dois anos – em Santa Catarina, aqui tudo é mais caro! uiaheuiaehaeuae
    Abraço!

  32. Marco, não posso falar por todos os carros coreanos, mas mantenha distância dos Hyundai. Tentei duas vezes e desisti. A economia não vale os pequenos defeitos que vão te assombrar quase mensalmente.

  33. kadet??? so se vc quiser tipo…um carro “maestro” cada esquina é um conserto viu…antes fosse um concerto kkk

  34. Marco Aurélio e Ana Cartola

    Desculpe por não ter compreendido seu post, e ter respondido a você de forma que o tenha indisposto, assim como a sua companheira. Reconheço que só uma coisa presta no meu comentário, que é a sugestão de você renegociar a dívida e permancer com o carro recém-quitado. Pena ela ter passado desapercebida. Em relação a chamá-lo de amigo, Marco Aurélio, mesmo sem conhecê-lo, haveria razão para ser de outra forma?

    Um abraço e boa sorte.

  35. Oi Marco,

    Tenho em casa um marido louco com escort (ja teve 4 nessa vida…). Fiz ele ler o seu post (normalmente eu so fico rindo e ele nao le..) e ele diz:
    “Fala com ele se for comprar um escort para comprar de 96 para baixo porque vem com motor AP que eh destrutivel, mas tem conserto. Acima de 97 o motor eh bom, mas se estragar so pondo um novo”. Sobre os custos de ter um, eu posso dizer:
    Se nao for de boa familia, nao vale a pena… o ultimo que era bem cuidado e ficou com ele por anos, nos ultimos tempos estava passando muito tempo na oficina e os custos estavam ficando altos no total (mas individualmente cada coisa nem eh tao cara).
    Ah, eh economico pradana! Vivia a R$5 (ha 3 anos atras). Tem um otimo porta mala, eh bem confortavel por dentro mesmo a versao menos luxuosa. O ultimo apesar de nao ter direcao, era bem confortavel ate para mim (a moca da familia).
    Se precisar de mais informacao, eh so dizer.
    Um abraco
    Soraya e Rodrigo
    PS: apesar de nao termos a incrivel oportunidade de ter um coreano aqui, cheguei a ter um no BRasil (kia), eh dificil de ter peca e eh caro o conserto. Moramos na Australia, e… como posso dizer, aqui eh infestado de carros coreanos, e nenhum com boa reputacao. Os que ja alugamos chegaram a dar problema na nossa mao… alem da direcao do Hiunday ser uma m…..
    PS2: Ana eh assim mesmo… carro enche o saco ate comprar… e depois para vender…
    PS3: Cuidado com essa historia de Hiunday ser GM… eh para comprar, mas para vender e consertar eh Hiunday… Fique com os japoneses (que sao melhores que os japoneses dos outros…)

  36. Rapaz, só posso te falar sobre o Escort.
    Tive um modelo Europeu, o tal Escort Sapão, ou Escort Europeu.
    Vantagens dele: O motor é AP, 1.8 ou 2.0, a mecânica é de Wolks, aceita GNV muito bem e o seguro é barato. Ele é da época da Autolatina (Fusão da Ford com a Wolks) então não é tão difícil encontrar peças pra ele. Carrinho é macho pra caramba e não quebra fácil, mas, como todo dono de carro velho que se prese tem que estar com a manutenção em dia.
    Desvantagens: É um pouco beberrão, devido ao motor forte, mas com GNV se resolve, ou motor a alcool. Se pegar o modelo completo (Ar, travas/vidros elétricos, direção e alarme) mande desativar o alarme e coloque um decente, porque em umidade o alarme surta sem motivo. Outra coisa, verificar a vedação poruq epode entrar água.
    Só vendi o bicho porque tive coisas a fazer com a grana… ô saudade…
    Quanto ao modelo mais novo do escort, o Zetec, é um carro que anda pra caralho, mas a mecânica é de Ford mesmo e as peças saíram de linha. MAs é aquilo… manutenção em dia te tira de muita furada.

  37. A versão argentina do Tipo, aquele da FIAT, tinha um problema sério de motor, e isso desvalorizou todas as versões, mas era um bom carro, confortável e com motor 1.6.

  38. O pessoal está falando aí de Escort 96 para baixo, não se compara com o 97. Aos que falaram que o 97 tem peça barata, onde? Pelo menos aqui na província (Salvador) cada peça custava os olhos da cara. E era muito dificil achar, principalmente depois que saiu de linha. Tive um 98 se nao me engano, é um carro muito bonito, confortável, com um motor espetacular (o Zetec é fantástico, mas bebe feito um condenado), vale bem mais que o preço atual. Quando vendi o meu, anos atrás, vendi por 9.000, puto da vida, pq comprei por 16 (comprei quando pediam o que o carro valia realmente, e tive que vender algum tempo depois de sair de linha). Mas quando quebra, é um problema, MUITO caro. Não só as peças (minha última lembrança dele é uma peça que tive que trocar para vender, não lembro que diabo era, mas so tinha em autorizada e custou simplesmente 250 reais, isso por uma peça toda de plastico, sem nenhuma articulação ou parte móvel), como tambem a mão de obra, todos os mecanicos enfiam a faca dizendo que é muito dificil de consertar, para trocar qualquer coisa, tem que praticamente desmontar o motor.
    O pessoal também esculhambou a FIAT, mas tive um Tipo antes desse Escort, e foi um carro que não me deu problema nenhum, extremamente resistente e confortável (só nao gostava muito do acabamento da fiat, mas enfim..) Vendi depois para um primo meu (para vc ver a confiança do carro, se fosse ruim não tinha vendido para parente) e ficou com ele até pouco tempo atrás, quando deu PT em uma batida. Ou seja, até a morte, firme e forte. 🙂

  39. Olá Marco,

    Uma amiga minha me mostrou seu Blog e disse que talvez eu possa ajudar. Só não sei se será a tempo.

    Eu tenho um Subaru Impreza 1995 1.8 16V 4×4 e adoro o carro. Vou separar os pontos positivos e negativos

    POSITIVOS:
    1) Conforto. A maioria já vem com AC, DH e VE.
    2) Potência. O carro anda bem, e mesmo que dirige por uma vez o carro, sente a diferença na saída e a estabilidade nas curvas.
    3) Preço. O carro não é caro. Se vc fizer um balanço dos itens e valor, vc percebe que pela potência e conforto, vc pagaria um valor maior num carro mais novo.
    4) Manutenção. O carro demanda pouca manutenção e dificilmente te deixa na rua. Já houve um caso comigo em que tive que parar na estrada e um outro dono de Subaru, parou e ficou preocupado pq disse que “pra Subaru parar na rua o problema é sério”
    5) Seguro. Não é um carro muito visado apesar de ser importado.
    6) Versatilidade. Pelo visual do carro, ele parece ser um carro de “tiozão” o que ajuda na hora de vc chegar em algum lugar e vc não ser taxado de moleque ou imprudente o que acontece em alguns carros. Mas caso vc esteja em uma situação que vc necessite da tração 4×4, como numa estrada de terra, vc terá o auxílio necessário da máquina.
    7)Porta malas. Tem um espaço honesto e vc também tem acesso a ele pelo banco de trás.
    8) Se vc pegar um carro bem cuidado o restante fica fácil.

    NEGATIVOS
    1) Apesar de confortável, o espaço interno é pouco caso vc tenha mais de 1,90 de altura.
    2) O problema na configuração desse motor é que ele consome combustível, se vc for um pé de chumbo vai chegar a 6Km/L E se andar de boa como um tiozinho pode até chegar a 9Km/L
    3) Dá pra comprar um carro mais novo com o dinheiro, mas ele pode não ter tantos opcionais
    4) O carro não pára. O problema disso é que se ele der problema vc vai ter problemas na hora da manutenção. As peças são caras e é melhor não levar em qualquer oficina pq os mecânicos podem tentar fazer uma gambiarra e vc por ter problemas mais tarde. Eu levo em duas: http://www.nihonsubaru.com.br e a http://www.garagesubaru.com.br
    E quando digo que as peças são caras, é verdade, a embreagem chegou ao preço de R$ 1.300
    5) O seguro dele gira em torno de R$ 4.500
    6) Apesar de versátil, ele é um carro baixo e se vc levar 4 pessoas pesos pesado ou 5 pessoas e vai raspar embaixo com certeza.
    7) A boca de entrada do porta malas complica um pouco caso vc tenha que levar alguma coisa grande.
    8) Se vc pegar um carro mal cuidado. Já sabe.

    Espero ter ajudado em alguma coisa. Qualquer coisa é só mandar um e-mail.

    Até mais

  40. Marco, sobre carros coreanos, uma observação: na Coréia, ao contrário daqui, o IPVA aumenta conforme o carro fica mais velho, o que faz com que, em média, os carros sejam trocados a cada 5 anos, haja vista o custo do imposto a ser pago para mantê-lo. Em consequência disso, as montadoras coreanas costumam projetar seus carros para aguentarem sem problema algum durante seus 5 primeiros anos, depois disso, é na sorte.

    Quanto às opções que você listou, eu compraria o Corolla ou o Honda, pois costumam serem fáceis de revender, devido a qualidade da sua mecânica. Além disso, modelos não muito antigos costumam ter bom preço e excelente performance. Aqui no Rio, um Corolla 2001 pode ser comprado em bom estado por algo em torno de R$ 20.000,00.

  41. Meu pai teve um Escort SW. Eu achava muito bom, confortável, gostoso de dirigir, bem tiozão. O único ponto negativo foram as duas vezes que quebrou o pára-choque que é de espuma, tem que trocar inteiro, sem chance de conserto. Não sei dizer se foi fácil de vender ou não, se não me engano ele acabou vendendo pra uma concessionária mesmo.

    Boa sorte na sua troca!

  42. Eu sou fã dos Escort SW, a partir de 1997 já dá para encontrar algo. Meu pai teve um que era bastante econômico (motor 1.6), confortável, espaçoso e com pacote completo: ar, direção, vidros e travas. Deixou saudades, e eu já estou procurando um para mim.

    Dos exemplos que tu citou, o Corsa Wagon me parece uma boa opção, também. É um carro que não vai nunca ter problemas por falta de peças, como os outros que tu elencou.

    Monza é um bom carro, mas beberrão demais. Kadett, mesma coisa, sem falar que é problemático.

    Sobre os coreanos… eu não sou muito fã, mas quem tem geralmente gosta. Então talvez seja mesmo uma boa pedida. Só ia preferir ficar com o Daewoo, que compartilha peças com a GM.

  43. Recomendo fácil o Subaru e o Corsa.

    Subaru, meu pai teve um durante cinco anos e vendeu com dor no coração. Confortável, mecânica excelente, não deu trabalho nenhum. O único senão era que tinha que escolher a oficina a dedo, senão tascavam a gambiarra no bicho… Por sua vez, eu casei com um Corsa-maníaco – carro valente (sobe até parede – ou as ruas perto da PUC, como queiram), mecânica GM, peça é fácil de achar.

    Boa sorte com a procura!

  44. Meu pai teve um Monza de 1985 a 2005, quando o mesmo foi roubado. Durante todo este tempo, só foi ao mecânico para revisões e manutenção preventiva (troca de vela, correia, essas coisas). Além disso, é uma senhora máquina. Eu recomendo.

  45. Voto no HondaFit. Não tá na tua lista, mas temos um em casa (2007) e uma amiga minha comprou um 2004, automático, por 20 mil. O espaço dele é ótimo, ele anda bem, não é baixo e só vejo uma desvantagem: se não for flex, gasta um pouco mais com gasolina, mas como é carro de fim de semana, isso não conta tanto. Acho que vale considerar. Ou espera o Smart chegar em janeiro, míseros R$ 60.000,00. Ou compra o ônibus. Na verdade, voto no ònibus, mas prefiro os modelos da Itapemirim e não da Cometa. bjs.

  46. Sai fora do Escort, ele tem o triste costume de não parar quando você precisa. Tem um problema crônico nos freios. E se for um modelo mais antigo tem também problema sério de carburação.
    O Corsa seria uma boa , mas pelo menos aqui no Sul você não consegue encontrar um e bom estado pelo preço que você disse estar disposto a pagar.
    Os importados é aquela história de manutenção, carro velho quebra e não é sempre que tem um mecânico com preço bom que saiba mexer nos importados.
    Da sua lista o Monza me parece uma boa opção , com 12 pila você consegue achar um com direção , ar e vidros elétricos.
    Outra opção é o Kadett, que tem a mecânica parecidissima com o Monza com menos peso pra puxar, o que da um consumo um pouco mais baixo. O problema é que Kadett tem só 2 portas.

  47. Olá Marco
    o meu pai tem um Toyota Corolla de 1996, já percorreu portugal inteiro várias vezes e ainda o considero um maquinão. Nunca deu problemas eléctricos, nem de motor, nem nada.
    É confortável, bancos um bocadinho duros – mas também estamos a falar de um carro de “homem” e não podemos esperar grandes frescuras.
    Espaço na mala de bagagens é escasso. O meu pai ficou expert em arrumação.
    Mais… tem um barulho de motor lindo, forte mas com condução suave. Ou seja, se queres acelerar não tens de martelar no pedal. Ele acelera e pronto.
    É um bom investimento. Toyota é carro de guerra, materiais bons e resistentes.
    A família Azevedo recomenda.

  48. ah, desculpa esqueci-me de te falar no pormenor mais importante.
    Toyota é brutal mesmo, mas precisas de fazer condução económica. O nosso tem duas luzinhas no volante: verde e vermelha. Quando acende a vermelha – deita as mãos à cabeça porque o carro passa a “beber gota” de uma maneira absurda.
    Não é o carro mais económico do mercado, óbvio, mas tudo depende do tipo de viagem que fazes todos os dias e da forma como conduzes.

  49. Só posso ajudar falando sobre os dois carros da lista que algum parente meu ja teve.
    O Daewoo -> Fique longe dele, só dá problemas.
    O Mondeo -> Bebe bastante, mas quem tem adora.
    Bom, só isso mesmo hehe abraço e boa sorte.

  50. queridão,
    não compre um escort! é péssimo! a aerodinâmica dele foi feita, basicamente, pra ele rodar com você [no mau sentido, rodar no próprio eixo]. e depois, pra vender, é um inferno…
    o monza é bom, dessas opções todas talvez eu o comprasse, apesar de achá-lo meio feinho. e o corsa, claro, seria a minha primeira opção.
    é só isso o que eu sei, rs.
    beijo!

  51. Não escute ninguém, eu sou o cara certo pra te aconselhar:
    1. não entendo nada de carro;
    2. o carro que ficou de herança pra mim é uma pampa 93, entra no rol do lixo objetivo: não tem trava elétrica, não tem ar, não tem direção hidráulica.
    2.1. mas ela é vermelha e tem faixas pretas e cinza nas laterais.
    2.2. gastei uma grana pra fazê-la andar e poder vender.
    2.2. ao dirigir, lembrei de todos os momentos que passei dentro dela.
    2.3. decidi não vender de jeito nenhum.
    3. vc sequer me conhece, poderia xingar sem pudor.
    3.1. mas ficou caprichada essa divisão por números.
    3.2. não xingue, pois, na verdade, comento para agradecer pelos bolivianos que guiam as máquinas de costura, isso vai me acompanhar.

  52. OLá…
    Seguinte..
    Toyota Corola ou Honda Civic.. São carros fantastiscos… ja tive os dois e posso falar.. carro pra vida toda… e muito facil de vender, seguro, forte, confiavel… nao quebra nem a pau.
    Abraços

  53. Tens bom gosto, ó Chicoteia!
    Se eu tivesse que escolher entre os possantes que você numerou, eu ficaria com… todos.

    Você já pensou em um Landau com kit gás? O kit cabe legal dentro do porta-malas, e de lambuja, ainda dá para transportar alguns corpos com o espaço que sobra.
    Falo com conhecimento de causa pois tenho um.

    Os dois únicos problemas caso você opte por um destes são:

    1) Muita ansiedade cada vez que o índio-plantador-de-coca ameaçar fechar a torneira.

    2) Err.. Cê é bão de baliza?

  54. “…Falo com conhecimento de causa pois tenho um.”
    Um carro ou um corpo no carro?
    ASHUsahuuhsaAHSUaSHUhaUSaUHSAUHS

  55. Marco,

    Uma vez tive um scort. No maior lance de sorte de minha vida, um ladrão o levou.
    Comemorei. Soltei fogos! Contei a todos. Feliz da vida.
    Mas o fiadaputa do ladrão, dois dias depois, me devolveu o carro.
    Puta azar!

  56. O carro, Dimitri. Corpos precisam ser desovados, pô! 🙂

    Mas com corpos ou sem corpos, Landau é *o* carro, com direito a motor ‘vê-oitão’, ar condicionado, direção hidráulica. Só não tem vidros elétricos e trava automática.

    Estilo não é ter um “Stillo”, e a lista de carros que Chicoteia selecionou tá bem estilosa.

  57. Marco.

    O santana é um carro confortavel, de manutenção rara e barata. Acredito ser possivel comprar um 1995 com os teus 10 mil. Dê preferencia aos 1.8 (9 km/l na cidade), o seguro é bem mais barato que as outras opçoes. Fiat (fora o uno) e carros da ford é merda na certa se forem anteriores a 97. Um abraço. Ps: Sou jeepeiro do RS. Tenho boas dicas pro futuro.

  58. Não resisto… Boas opções marcão, vamos ter ótimas histórias aqui no blog!!! De quem já cansou de ter carro velho e gastar dinheiro quando menos se espera. Hoje vou de táxi. Ou no Clio da japa. Anyway, o menos arriscado é o GM nesse caso. Corsa.

  59. Meu pai já teve uns 3 Monzas, todos eles duraram vários anos. É um tipo de modelo que o velho gostava a todo custo, a única dificuldade que eu me lembro de vê-lo se queixar era a dificuldade em comprar peças.

  60. Vou falar do que já tive: Kadett 2.0 e Monza 2.0, ambos a álcool.
    O Monza nem é muito bonito, mas é um carrão, pouquíssima manutenção, acho o melhor que a Chevrolet já fez por aqui. O meu, que peguei do meu pai, rodou 100000km sem encher o saco, a não ser a manutenção normal.
    O Kadett (e sua irmã horrorosa, Ipanema) é mais bonito (opinião minha) que o Monza, mas o acabamento é piorzinho, meio barulhento. Tal como o Monza, pouquíssima manutenção, nunca me deixou na mão.
    Um colega meu tem 3 (três) Ipanemas que ele usa pra trabalho, tipo até com escada em cima, e ele adora, segundo ele carros fortes e de baixo custo de manutenção.
    Já tive também alguns importados, Alfa 164 (pior bosta do mundo) e um Peugeot 306, maravilhoso mas de manutenção caríssima e difícil. Eu fiquei vacinado contra importados, mas tem que ler o que os outros dizem, não dá pra contar apenas com minha pouca experiência.
    Agora eu tenho um Fiesta, bonitinho mas ordinário, acabamento pobre e computador de bordo na Ford só se comprar um notebook e colar no painel. Não vou mais de Ford.
    Minha namorada está no terceiro Palio, extremamente satisfeita, e os últimos até são bonitinhos.

  61. Marcorélio, não saberia discorrer sobre os aspectos técnicos de cada carro, mas falarei pela minha experiência: da sua lista, conheço o Escort e o Toyota Corolla. Tive os dois, não passei por graves problemas e por despesas exageradas. Não podemos desconsiderar o fato de que carro velho – seja ele de qual marca,modelo,cor,tamanho,gosto ou cheiro – é velho, isto é, precisará de manutenção sim. As “coisas” quebram ! Mas o melhor carro que já tive foi um Citroen Xsara Break 1999.Confortável, resistente, com todos os itens que as montadoras nacionais consideram como acessórios e as estrangeiras, básicos. O ex-marido vendeu o ex-nosso carro há um mês por dez mil. Vc. deve encontrar por aí a uns 15/18.000,00.

    Último conselho: não compre em concessionária ou agência, os caras são felásdaputa sem exceção. Converse com um mecânico de confiança, peça para ele acompanhá-lo ou, se ele não puder, leve o carro até ele, mas compre de particular. Tome os cuidados básicos, como por exemplo marcar para ver o carro na oficina do seu mecânico ou um lugar de movimento.

    Diante das suas intenções e necessidade, tenha paciência para não fazer meleca.

    Bj

  62. Nada a ver com carros, só uma curiosidade:Tenho lido seus textos atuais e estou tentando ler todos os antigos e até onde li, vc se interessava muito por politica..
    Então, nada sobre a eleição do Kassab e do Obama?

  63. Marco,

    Só para causar mais confusão, quando entrei na faculdade, comprei um Renault 19 RN 1.6 com todas as firulas (ar, direção, trava, etc.). Paguei aproximadamente 6 mil reais, não sei dizer o preço hoje. Isso foi em 2003, o carro era de 1996. Um tanto quanto velho, mas mesmo assim tenho boas lembranças. O carro dificilmente me dava problema, e quando dava a manunteção não era tão cara assim. Foi um carro muito útil, bebia um pouco demais (para 1.6 a gasolina, realmente achava muito), pouca manunteção, e um bom conforto. É claro que valem todas as recomendações para se comprar um carro usado. Em números, creio que me custava uns 300 reais por trimestre de manutenção, mas podia oscilar. Só bom cuidado e ele se comportava.

    Cheguei a ter um XSara 2000. O carro é um luxo e ótimo de dirigir, tudo por 18 mil reais, mas eu não recomendo. A manutenção é um absurdo, e o carro dá bastante manutenção, além de beber pacas (era um VTS 1.8).

    Um carro até 12 mil, eu sinceramente optaria pelo Renault 19 RN pela experiência que tive. Não sei se tive sorte, não vejo muitos por aí. Mas, fora isso, carro japonês antigo também é bem resistente.

    Boa sorte!

  64. Opa, vamos unir a sede com a água? Nosso colega Marco Antonio fala sobre o Renault 19 RN e eu realmente TENHO um Renault 19 RN para vender. O carro é completo 1.6, ar, direção, trava, vidros, etc. Só está com alguns probleminhas elétricos (basta carregar bateria) e o medidor de combustível não funciona (tem que controlar no hodômetro). Ele é vinho, está no RJ e anseia por um novo dono, pois está parado há meses no mesmo local (comprei um New Ka 0km)!! Por 5 mil e um tratamento diferenciado no blog ele é seu, Marco!! Abs!

  65. Desses todos ai o único que eu já tive foi o Corsa Wagon. Sinto saudades até hj, foi um puta carro que passou na minha mão, o atual ford Ka não chega nem perto…

  66. Tive um Escort 96 GNV (completo – ar)… o que eu economizava com combustível, gastava em manutenção. Momentos antes do gás natural subir uma barbaridade, troquei por um gol (special) 2002. Paguei apenas 3,5 mil de diferença (o Gol custa em média 15 mil). A minha vantagem? Meu pai emprestou a grana e eu pago as parcelas com 0,0000% de juros.

    Ok, o gol é 1.0 e não tem direção hidráulica e nem ar condicionado, mas o motorzinho é uma beleza e os gastos com manutenção são quase zero.
    Meu pai sempre diz: “Carro pra nego pobre feito você tem que ser Gol”!… Eu demorei pra dar crédito ao véio, mas admito que ele tem razão.

    Mas como você não quer carro 1.0 sem ser completo, foda-se. Afinal, você pra mim é problema seu… rssss

  67. Porra, larga de viadagem e compra uma bicicleta. É mais barata(profissional custa 8 mil), não polui, não ocupa espaço e ainda faz vc perder a barriga.

  68. Seguinte, ó chará

    Inclui na tua lista o Renault Megane 2.0 RXE. É completo, tem um motorzão e não é beberrão. Tem peças(a maioria feita no Brasil) e se encontrar um mecânico sério, fóra de concessionária, a manutenção fica igual a de um GM. Compra um 98, 99 que sai por menos de 15 mil.
    Abs, sorte e nice ride

    Marco Poli

  69. Sobre o Escort, sempre ouvi falar que quando chove este carro vira um sabonete na pista.

    Agora, esta eu não entendi:

    “1. E não adianta vir com “Ah, se eu fosse você eu não entrava nessa roubada”, porque eu já decidi comprar um carro velho, barato e ficar alguns anos sem entrar em financiamento.”

    “não entendo porra nenhuma de carro”

    Concordo com o “amigo” seu. Boa sorte, vai precisar.

  70. Ontem mesmo eu estava pesquisando o valor de um Jeep Willys, pois a namorada e eu gostamos desse tipo de carro e pensamos em comprar um. Vi até uns bem bacanas ano 80/81 valendo de R$12.000 a R$15.000. Só que tudo foi cancelado quando vi que tinha que vender a minha moto pra poder pagar o bicho.

    Tu já pensou num Santana? É um carro durável, confortável e de mecânica não tão cara. Pelo menos é que dizem os taxistas. E quem é que vai entender melhor de carro do que um sujeito que tem dele o seu ganha pão e não pode ficar parado?

  71. A Judéia em peso tem que te apedrejar – e não chicotear – por algumas sugestões de carro que colocou!!! Daewoo (arghhhhhhhhh!!!!!!!!!!!) e outros…vá de Escort Zetec 1.8 ou 1.6 rocan que estará muito bem servido de carrinho honesto e bom de guiar.

  72. E OU UM VECTRINHA DAQUELE QUE PARECE O MONZA FRENTE ALTA OU TUBARÃO…..

    E O MONZÃO TEM QUE SER A ALCOOL, 2.0 E GLS OU SL/E…. AI VEM COMPLETÃO…..O CLASSIC FOI ATÉ 93 MAS SÓ A GASOLINA MAS TEM 121 CV!!! ^^

    E O FRENTE ALTA PODE SE SL/E OU CLASSIC TBM!!!!

    FLW

    MAS VAI DE GM!!!!!

  73. Ola

    Resolvi deixar minha opinião… Eu tenho um Golf 95 completo, importado, vale uns 12.000. Carrinho show rs, faco parte do http://www.golfmk3club.com.br.

    Mas la em casa temos tb um Vectra GLS completo. Cara, carrão… Se vc gosta de Monza, procure um Vectra 98, 99 que seja completo e esteja em bom estado. Não vai se arrepender, garanto! Muito conforto, silencioso… Unico ponto fraco que nao e muito economico, faz uns 8km/l. Se quiser procurar mais, olhe em http://www.vectraclube.com.br/forum.

    Boa sorte!

  74. Eu vou der dirto caroo beberao e carro de confiança, fica com o kadett esse sim e carro para quem quer manter por algum tempo pois ñ e bom de vender mas anda que e uma beleza.

  75. 10 a 15mil??? hmmmmm
    Vai de Corsa, Palio 1.6 (aquele 5 estrelas, vem com todas essas nossas necessidades aí: ar, direção, trava, etc. Com 15mil vc compra um 1999 de particular aqui no Paraná) ou Escort europeu. Já tive todos esses, nunca me deixaram na mão. O Corsa é aquele carrinho duracell né? duuuuuuuura que é uma beleza e a mecânica é fácil e barata. Se for Wind, tome Maracujina antes de pegar estrada e torça pra não ser atropelado na subida. Mas é gostoso de dirigir, como vc sabe tb. O Palio é mais bonitinho, confortável, com boa retomada, mas não perca revisão, troca de óleo senão tá fudido. Bebe bastante mas o desempenho é ótimo. O Escort europeu dá uma puta segurança, porque é pesadão, na estrada é uma beleza, dos 3 é o mais silencioso em alta rotação. E nem bebe tanto viu? Acho que é isso.
    Ah! Esquece desses carros japoneses, coreanos, é tudo carro de véio, nós mulheres detestamos essas porcarias, parece que vai sair um tiozinho de dentro, com aqueles encostos de bolinhas massageadorasno assento, sabe? Ui que horror.

  76. cara, não existe carro “Perfect”, mais se vc qué um carro pra vida inteira e poder passar ele pro teu NETO… vai de JIPÃO!

    COMPRA UM “jipão” no brasil….não no “japão”!

  77. meus pais tem um corolla antigo. eles adoram. nunca tiveram problemas e ele está bem rodado já.
    um amigo da minha mãe trocou o accord por um civic mais novo (não o new), e diz estar arrependido, que o accord era um carrão.
    meu tio teve um mondeo antigo, adorava, dizia que o carro te abraçava. ele não chegou a ter problemas, então não sei se é um bom negócio de fato.

  78. Não disse que esses “carrões” japoneses eram coisa de tio? olha o comentário da beatriz aí em cima auhauhauahuahuauh

  79. Bom, não sei se você já se decidiu… porém, sou lojista há anos e te dou algumas dicas:

    Corsa!! bom carro, porém não entre e ande no Honda ou Toyota antes.

    Monza? faz tempo que não aparece um aqui na loja.. mas é um bom carro também, porém antiquado demais.

    Daewoo, Hyundai, Mondeo e Taurus? no way!

    Escort Zetec, bom carro. Mas a manutenção é cara se tiver um problema mais sério.

    Subaru, tem um público específico mas é arriscado comprar um, eu não pego nem como consignação aqui na loja. Tudo nele é específico nada paralelo.

    Accord excelente carro já tive um 95 e 98, mas atenção á manutenção (amortecedores custam 1.200 os 4) mas duram bastante tempo sem problemas…

    Corolla é a mesma coisa do Accord, mas com peças um pouco mais baratas e não tão belo quanto o Honda.

    Sabe, que há pouco tempo pegamos um carro não muito conhecido que é o Peugeot 406, sedan maravilhoso! Acabei ficando com ele para uso próprio, me surpreendi com ele!!. É tão resistente quanto o Honda e Toyota, porém anda mais e é bem mais bonito (menos tiozão). Se você testar um e depois entrar no Monza ou Corsa vai querer chorar de tristeza.. é sério, o acabamento dele é primoroso! Manutenção é parecida com Accord, algumas peças chegam a ser mais baratas como amortecedores (800 os 4)por exemplo. ah.. Xsara é bom, prefira os 1.6 16v (minha esposa teve um) custam um pouco mais de 15mil reais, peças iguais do Peugeot 306.

    Boa sorte!

  80. Cara, eu estava na mesma situação que você 1 mês atrás. Vi carro de tudo quanto é tipo, usado, novo, de R$10.000,00 até R$ 45.000,00. No final decidi que seria melhor juntar/guardar um dinheiro e não gastar comprando um carro zero. Coloquei como meta encontrar um carro de até R$15.000,00, completo, que não fosse 1.0 e que não desse muitos gastos adicionais com seguro e manutenção.

    Entre os diversos modelos que pesquisei, os que se encaixaram foram: Civic, Accord, Corolla ou um Subaru. Estes carros são realmente quase inquebráveis, é claro que isso dependerá do cuidado do dono e da realização de uma manutenção adequada (qualquer carro precisa disso, uns menos, outros mais). E comparar estes carros com os nacionais dos mesmos anos é covardia… os nacionais com 12 anos ou mais são verdadeiras carroças perto deles, é só ver e comparar (acabamento, mecânica, elétrica, tecnologia, lataria, tudo).

    Alguns prós e contras dos modelos:

    Civic
    Prós – Boa mecânica, completo
    Contra – não me lembro de nada

    Accord
    Prós – Maior espaço interno, completo, mais potente, mais confortável
    Contras – Bebe mais devido ao motor maior (6 ciclindros), peças caras

    Corolla
    Prós – Boa mecânica, completo, econômico
    Contra – pessoalmente não gosto muito do design

    Subaru Impreza
    Prós – Completo, Ótima mecânica, tração permanente nas 4 rodas, mais estável nas curvas, posição de dirigir mais esportiva
    Contra – Consumo (em relação ao Corolla e Civic), difícil de revender (demora mais para vender, mas quando aparece alguém este está bem mais interessado no carro), espaço interno não é bom para pessoas altas, se você bater legal o carro com certeza vai sofrer um pouco mais para arranjar peças para a lataria

    Só para não falar que não conheço os nacionais o meu pai tem um Monza Classic MPFI 92 (o top), realmente ele é um bom carro, praticamente não hove nenhum problema com a parte mecânica, além do desgaste natural e de troca de peças como freio, amortecedor e etc. Porém a parte elétrica/eletrônica já deu muito problema. A carroceria, o acabamento e a tecnologia do carro é inferior aos dos japoneses citados, isto é inegável.
    Temos também um Ford Escort, o carro também não deu muito problema, mas não tem jeito, os japoneses são melhores. Ah, os dois carros já passaram dos 200.000 km e estão rodando normalmente.

    O mais importante na hora de comprar um carro usado é a sua procedência. Se o dono não abusa do carro (anda só no talo, passa com tudo em buraco e lombada) e faz sempre as manutenções necessárias, qualquer carro irá durar bastante. O problema é que a maioria das pessoas não se preocupam com isso, só levam o carro para uma oficina quando ele quebra, elas não fazem a manutenção preventiva.

    Hoje estou com um Subaru Impreza SW 93, estou muito satisfeito com a compra. O que pesou na decisão foi: design (acho mais bonito), motor boxer, tração 4×4, estabilidade e acredite manutenção. Aqui em São Paulo há 3 oficinas com mecânicos bons que trabalharam na Caoa (representante oficial da Subaru no Brasil):
    – Nihon Subaru – Osmar
    – Galpão Subaru – Cleber
    – Roberto Landa

    Tem também a Garage Subaru.

    Todas elas são especializadas na marca.
    Em relação às peças, se você pesquisar bem, achará todas elas por um preço relativamente bom, equivalente ao custo de manutenção de um Vectra. Isso se você precisar de alguma coisa além de pastilha de freio, fitro e óleo, que são fáceis de se arranjar. O pessoal das oficinas especializadas sabem quais peças podem ser substituídas por equivalentes nacionais. Há também uma pessoa no sul que tem um estoque grande de peças usadas de Subaru.

    Boa sorte na compra!

  81. Essa época está boa pra comprar carro usado, se vc tem dinheiro na mão. As lojas/concessionárias estão desesperadas para vender os usados…

    Eu tenho um Seat Cordoba 1998, é um carro confortável e com motor possante, acho que seria uma boa opção. A mecânica é toda VW, ou seja, dura uma eternidade, hehehe

    Tem também o Omega, um luxo só. Principalmente os 3.2 com motor alemão e os 4.1… o problema é que bebem um pouco demais…

    Mas enfim, boa sorte!

  82. Ohhh céusssss, quem diria q eu encontraria alguem em situação similar ou igual a minha???!!! Não aguento mais falar, ler, ouvir e procurar carro…..tenho 27 anos e 11 millll reais e meio pra comprar um carro…o primeiro carro….estou literalmente desesperada…minha mãe só abre a boca pra dizer: “Manaaa, compra carro que rode”…, ou seja Uno ou Gol…pombasssss, eu sou enorme, quase 1,80 de altura e minha mãe quer que o primeiro carro seja uma caixinha de fósforo onde eu tenha que fingir ser um poodle pra pegar um ventinho na janela…a não….eu quero um carro cheio de viadagem, grandão…chegueiiiii….não quero entrar nele e dar com a cabeça no teto. Moro em São Gabriel, interior do interior do RS….não quero ser uma italiana gigante que dirige um uno…eu quero pilotar uma nave rsrsrsrs…..entre as opções que minha FDP restrição orçamentaria dispões estão:
    – Vectra CD 94 – R$ 11.600 (ta lindão, impecável mas o ano me assusta um pouco). Tem todas as frescuras, viadagens é dourado, grandão, tem roda de liga leve (feia) e o cara tava pedindo R$ 12.500. Placa I, aqui do Sul.
    – Mondeo CLX 97 – R$ 11.500 (unica dona, tem até o manuel)Tem todas as frescuras, viadagens é verde, grandão, não tem roda de liga leva, tem calota (razoável) e o cara tava pedindo R$ 13.900. Placa I, aqui do Sul.
    E agora?????? O que q eu faço??????
    Voltando ao teu caso…o único carro que eu posso falar é sobre o Daewoo Espero. Meu colega tem um branco, ano 95, completo e placa J (baiano). Este carro nos leva p baixo e p cima, dorme na rua a 7 anos e o único defeito que ele tem é a lataria (podre) por ser carro de praia. No mais amigo, não tenho nada a declarar contra o espero. Não da mecanica nenhuma e bebe menos que eu…..Pergunta??? Pq eu não compro um Daewoo Espero pra mim??? Pq ganhei a grana da minha mãe e ela sabe q Daewoo é importado…ela vai atormentarrrr meus dias e noites e é bem possivel que o meu espero de problemas de tanto ela falar….já o vectra é GM (nacional mãe) e o Mondeo é Ford (nacional tbm mãeeeeeee)…minha vontade é pegar um daewoo espero, colocar umas rodas 17 e o resto da grana (ainda sobre uns 2 pila heheh) comprar uma moto…ta aí…boa sorte p nósss….bjusssss
    ps: não sei como entrei aqui…hehehe

  83. Vendo meu HONDA Accord EX 2.2 16V 1992/1993. O carro é indestrutível mesmo, já devo ser o 4.o dono do carro e quando comprei levei pra fazer revisao na HONDA. O carro está totalmente original, e tem 150.000 milhas, ou seja uns 240.000km, e até agora não tem prolemas, mas sempre faço trocas de oleo/filtro etc. pra manter tudo em dia. Possui manual de instruçoes. O carro é completo com airbag, direçao hidraulica, cambio automatico 100%, ar condicionado quente/frio, teto solar…. etc. Só roda com gasolina comum, conforme recomenda o fabricante. 10km/L na cidade sem ar, 12km/L em viagem sem ar, com o ar condicionado, cai 1km/L.

    Espero realmente vender o carro pra quem saiba a máquina que está comprando, e nao os aventureiros. Ah…. eskeci… esse japonês de 1992 já vinha com injeçao eletronica e o motor de 2.2 litros gera 142cv!! Quer mais? Entao compre um Accord mais novo! rsrsr O carro é otimo para viagens longas…

    entrem em contato: minicovski@ibest.com.br

  84. Eu tenho um Escort SW 1.8 16v GLX, e não entendi a opinião do pessoal,os q vcs compraram com certeza foram carros de leilões ou de desmanche, porque o meu esta com 350mil km rodados e nunca mim deixou na mão. revisões normais de qualquer carro, oleo,filtros correias, pneus amortecedores, bateria, o carro é fora de serie e muito bonito, manutenção barata + barata q qualquer Vectra, Golf, Honda,toyota um pouco + caro q Kadett Monza. no entato muito mais novo e confiavel o meu 99, não vendo e estou comprando um 2003. carro não é ano é estado.

  85. Concordo plenamente com Atila, tbm tenho 1 com 200 mil km e nada a reclamar do mesmo escort zetec 1.8 16v sw.
    Eu tbm assustei com os comentários acima, carro tem q ser filé, tem que ter procedência.

  86. Cara, não te conheço, e caí no seu blog justamente procurando me informar sobre esse tipo de compras, e pra falar a verdade nem sei se você vai receber algum aviso desse comentário em um post antigo, mas aí vai:

    Comprou o que? E valeu a pena?

    Estou pensando em um Omega ou um Kadett (carros de até 15k), mas como eu só comprarei (SE comprar) no início do ano que vem e em BH estou pensando em um velhinho importado fodão também (Subaru Impreza, T. Corolla, H. Civic, Mitsu Lancer, etc.).

  87. Olá companheiro, preciso defender um pouco a FIAT, de uns anos para cá ela tem uma tecnologia excelente, se voçe gosta de Wagon, pode comprar um Palio Weekend não vai se arrepender muito confortável e não dá mecânica, possui vários acessórios e seus farois dão de 10 azero nos outros , pode viajar a noite tranquilo, você vai ver a diferença, eu também tinha receio em possuir um FIAT, falei com Taxistas, que são os termômetros dos carros e comprovaram sob minha afirmação, além de ter peças em todos os cantos possiveis, são baratas.

  88. Estava na mesma situação,acabei de comprar um honda accord,95,cinza,completo,vou te dizer foi a melhor compra que eu fiz,anda muito,economico(9 a 10 na cidade)pelo tamnho…tem tudo,porque eu preciso de um carro 1.0 e que todo mundo tem,,,olhe pra rua agora e veja ..você esta la,num daqueles corsas,celtas,palios….

    compre um honda accord ou um civic…vc não vai se arrepender..

  89. O Taurus é uma delícia de carro, me lembra os Galaxies no rodar, mais moderno e com um consumo razoável para o tamanho e o conforto que proporciona, afora o fato de ser uma veiculo seguro e se der uma porrada num Accord, acaba com ele. Carro japones é mais leve e um pouco mais economico, mas nao tem a mesma resistencia de um americano mais pesado e forte. Motor Ford V6 chega a rodar 500 mil kilometros. Tudo tem um custo e no caso do Taurus esse é baixo porque o carro está um pechincha.

  90. tenho escort 1995 com ar gelando estou com ele a 4 anos defeitos troquei a caixa de fusivel pois parava derrepente …dois pneus coifa da roda e só motor 1.6i ap da VW robusto e economico 16km por litro chega a 150km facil na minha opinião otimo carro …

  91. Vamo la….como eu disse comprei essa.semana um.accord ex ano 95 Branco top tem tudo..e.tudo funciona…anda pra carai Ta.zerado não tem vazamento não faz.um.barulho zerado…paguei 13 mil reais….e to pagando de Playboy kkkkk as mina pira….estava em dúvida entre esse accord ou um ômega Diamond 3.0 alemão vinho ano 94 e optei pelo accord por ser um carro do mesmo porte e mais econômico..e potente..mecânica 2.2 16v vtec Sohc pesquise bastante e compre um accord 95 conservado..vai ser um casamento kkk mas garanto que casamento feliz…ou se achar um ômega ou taurus em bom estado aconselho tbm.. mas vai de honda…eu entendo de carros sou fissurado desde pequeno…e tenho um Ford Maverick gt 1977 sempre.gostei de carro grande antigo ou importado..a manutenção não é.cara não basta cuidar e revisar sempre cuide como um membro da família…pois ele sempre vai estar com vc e não vai deixar mão..MEU pai só faltou me chamar de doente mental quando comprei o honda kkkkkkkkkkkkk mas depois que fui em um mecânico com ele e o mecânico explicou e mostrou o carro e seu estado de novo apesar do ano ele se tranquilizou e agora quer andar só de accord e deixar o uno 97 dele na garagem kkkk 😉 espero que MEU depoimento tenha te.ajudado amigão..abraço

  92. atualmente tenho um honda accord 1995 2.2 aut, não troco ele por nada, so por outro honda accord quando eu puder kkkkk super carro e super companheiro das estradas

  93. não li todos os comentários
    posso dizer que tive Monza. (puta carro).
    agora tenho escort sw 1.8 16v. melhor caro que tive.
    se quiser pisar ele responde.
    se quer economia (12 na cidade e 18 na estrada, media de 100 por hora)
    eu estava na mesma situação que vc.
    hoje é meu melhor carro.
    ta comigo ha 5 anos nunca me deixou a pe?
    quem entra nesse carro diz que é espetacular.(posição dos amigos e familia)
    o resto nem ve quando passamos há 180km/h.

  94. de todos os carros a melhor solução ao meu ver seria o santana 1.8 na faixa de de ano 2002 a 2004 carro economico e de manutenção barata , se quiser mais economia coloca um gas natural ok .

  95. AMIGO,COMPREI UM ESCORT SW98,UMA PERUA LINDA,DEPOIS DE CINCO MESES,COMEÇOU A DAR VARIOS PROBLEMAS, POIS EU TRABALHAVA COM O CARRO,TIVE VARIOS SUSTOS COM O CARRO.SEM CONTAR QUE SEMPRE COLOCAVA PARA FAZER REPAROS, E DIFICILMENTE OS MECANICOS QUERIAM COLOCAR A MÃO NO CARRO,POR SER DIFICIL PARA CONCERTA-LO,GASTEI PRA CACETE, E A MERDA DO CARRO ESTA PARADO,FOI A PIOR COISA QUE FIZ NA VIDA.FUI PELA BELEZA.HOJE ENTENDO O SIGNIFICADO DE FORD.NINGUEM QUER COMPRAR FORD.PORQUE VAI FICAR FORD NA VIDA

  96. Cara, na boa, vá de Corsa, sem Dúvida!! O escort, de fato, se for com motor AP, até valeria a pena, fuja dos Zetec, pois o Zetec (não Zetec Rocam) são argentinos, embora ótimos (foram feitos em parceria nada mais, nada menos, com a Yamaha Motors), são de manutenção caríssima, e quase nenhum mecânico quer mexer. Ia comprar um 97/97 GL de um amigo, não comprei por isso. Ele tinha direção e ar, só não tinha vidros elétricos. O corsa é um carro que não deixa na mão, e manutenção baratíssima. GM qualquer mecânico mexe também. Importados é fria, não tem peças e são caras quando tem.

  97. Tinha que ter lido este postado antes. Tenho um daweo lanos 98.
    Mecânica chevrolet, kadet Monza
    Completo ar direção, vidros, travas,alarme,milhas,
    Custo beneficio ótimo
    Consumo 10l gasolina.
    O problema é a revenda o carro e muito barato,não vale vender depois de comprar,hj tá valendo 6 mil ano 98.
    Não vale pra trocar por kadet,escorte, Monza,opala,del rei,Caravam, esses carros velhos nacionais que são uns lixo depois que passam dos 10 anos.
    Fica a dica se conseguir achar um pra comprar não vai se arrepender.

  98. Issu ai figura!!!eu ja me.decidi é honda civic 2000 a 2002 claro cautela..na hora da compla..quen ten essa maquina e nao pode financiar outro!nao vende..temis que tomar cuidado pra não pegar carro batido..se não fudeu tudo!!

  99. Boa noite amigo.a sua historia é muito parecida c a minha.canssado de andar nesssas carroças brasileira sem conforto…algum tempo possui um corolla 06 .pagava letra um pouco alta.paguei dois anos e aguentei pagar mais.e vendir.dai voltei novamente p carroça celta.não aguentei me acostumei c o conforto do corolla.resumindo não queria ficar devendo .e acabei encontrando um velhinho honda civic 99.e to muito feliz c ele.to nem ae p os opinistas.o k importe é o k vc gosta .n k o outros gostem.valew um abraço Ivan lima .de Paulo afonso Ba.7598873 4522 zapp.

Diga aí!