Verdades sobre a publicidade

Segundo esse vídeo do Avesso, a campanha Verdades sobre o Gol teria sido inspirada nos Chuck Norris Facts. Claro. E o Emotionrélio foi inspirado no Emotioneric. Não, nada de cópia descarada: inspiração. Entenderam?

Acho que a profissão de publicitário nunca foi tão fácil quanto hoje: basta esperar aparecer uma febre na internet. Aí cria-se uma campanha inspirada no hype e com apoio de um site cujo conteúdo é totalmente produzido pelos visitantes. Trabalhão, hein?

Diga aí

18 comentários

  1. E a coisa é tão “normal” que, quando você escreve ou faz algo bom, alguém logo procura a sua “inspiração” – porque ninguém mais pode ser criativo por si só – e seu texto passa a ser do LFV, ou de qualquer outro famoso.

    Resumindo, uma merda.

  2. Acho que não tens razão nenhuma. A publicidade tem de absorver este tipo de coisas, como o ranger do texas, para se aproximar das pessoas.
    A criatividade não está em fazer “as verdades sobre…”, mas sim em conseguir ligar um gajo e uma realidade a um carro.

  3. Ainda vale o nada se cria, tudo se copia. Melhor dizendo: nada se cria, é tudo inspirado por. E a campanha é chata demais. Deve ser a velhice, mas ultimamente acho tudo que é reclame (não falei que é a idade?) de carro e cerveja coisa de e pra débil mental.

  4. Só a Volks fez isso? Nããão, acho que a bavaria premium também se “inspirou” no Chuck Norris, com a jogada de “qual a SUA teoria para a bavaria ser premium e suave ao mesmo tempo?”.

    É, mas pra quem não manja de nada que acontece na internet esse tipo de propaganda parece ser maravilhosa e criativa.

  5. caraca! já havia pensado nisso!!
    espero que também tenha ido ao site oficial da campanha do gol. As “verdades” lá colocadas são cópias descaradas das verdades do Chuck Norris no orkut 😛

    Tô começando a achar que escolhi a profissão errada!

    obs: gostei1 vira e mexe dou uma passada por aqui 😉

    até mais

  6. Eu já sabia, eu já sabia. A primeira que eu vi foi a do mosquito gigante, que falhara miseravelmente.
    Alguém ja tinha falhado miseravelmente contra o Chuck.

  7. Como qualquer outro segmento, o publicitário tem que aproveitar as boas oportunidades também, o que importa é a propaganda ser boa, e a da lombada é sensacional!

  8. Conheço gente que sonha em ser publicitário e não consegue fazer um comentário criativo, quanto mais uma campanha.
    Beijim

  9. Então. A primeira (e única, devo confessar) das “Verdades sobre o Gol” que vi foi a da troca de pneu (“Não é o macaco que levanta o Gol. É o Gol que empurra a Terra”). Na mesma hora eu falei para minha namorada: copiaram os 30 fatos sobre Chuck Norris.

    Confesso, ainda, que fiquei curioso para saber todas as outras verdades, para ver até onde tinha ido o plágio na maior cara-de-pau (aka inspiração) dos 30 fatos. Mas a preguiça (e desprezo pelo claro obedecimento à Lei de Gerson) foi maior que a curiosidade e ainda não entrei no site da Volks para tomar conhecimento deles. A bem da verdade, ainda não sei se o farei, tampouco.

    Mas é isso aí! Bom texto (outra vez). Abraços a todos.

Diga aí!