Um momento histórico

E lá fui eu — de novo, meu Jesus — fazer o exame prático do Detran. Foi a quarta vez (contem comigo: uno, dos, tres). Como das outras vezes, essa foi cheia de situações inusitadas.

Para começar, o aviso da marcação da prova. Como vocês sabem, passei quatro dias na empolgante cidade de Águas de Lindóia cobrindo o excitante CSO Meeting. Voltei no domingo à noite e fui ouvir as mensagens da secretária eletrônica. Entre elas, uma da autoescola. A pessoa confirmava a data da prova, lembrava que eu devia levar o RG original. No final, um toque singelo:

— Se tiver qualquer dúvida, ligue para a autoescola. Boa noite, boa sorte, e que Deus o ilumine.

A pessoa certamente sabia do que estava falando: um sujeito que consegue levar bomba três vezes no teste do Detran precisa de toda ajuda sobrenatural que conseguir. Devidamente iluminado pela lanterna de Javé, tratei de me preparar para o exame.

A preparação não envolvia muita coisa. Como não fiz aulas adicionais, treinei um bocadinho em todos os carros da família (do pai, do irmão, do cunhado marido da irmã, do cunhado irmão da namorada, do sogrão) e tomei uma decisão estratégica: não contar a ninguém sobre a prova (muito menos a vocês; a torcida de vocês não vale nada). Contei à namorada, e só.

Acordei às seis e meia da manhã hoje, fui para a autoescola sem dizer a ninguém aonde ia e dirigimo-nos todos ao estacionamento do shopping Aricanduva.

O terror foi o mesmo de sempre: dezenas de alunos nervosos, fila para assinar a papelada, examinadores carrascos. Esperei pacientemente a minha vez, entrei no carro.

— Bom dia — disse eu ao examinador.

— Grunfdia.

Atomanocu feladaputa — pensei eu. As frases em itálico são pensamentos. Se eu falasse tudo o que penso, seria processado o tempo todo.

Ajustei banco, botei o cinto, dei a partida, baixei o freio de mão (isso eu não esqueço nunca mais), engatei a primeira, dei seta e fui.

— Faço a primeira baliza?

— Não. Gagagarro — resmungou o examinador.

— Faço qual?

— Passa o carro — tinha um carro no meio do caminho.

— Ah, é pra passar esse carro?

— Não foi o que eu disse, pra você passar o carro?

Sua mãe é uma coruja.

Sujeito mal educado dos infernos!

Bom, passei o tal carro e me preparei para fazer a baliza. Parei o carro, engatei a ré, e adivinhem? Pois é, o desgraçado do Corsa foi pra frente. Freio, embreagem, engata ré de novo. O bicho foi para trás e passou do ponto. Engatei a primeira para ajustar.

— Errou uma, tem mais duas chances.

Sua mãe passa atum na xana e dá pro gato lamber.

Engatei a ré novamente e comecei aquela giração de volante pra encaixar o carro na vaga.

TÁ ERRADO! TÁ TUDO ERRADO! ESTA MERDA VAI SUBIR NA CALÇADA, DERRUBAR O CONE, O MOTOR VAI EXPLODIR E VAI MORRER TUDO MUNDO. Ó LÁ, O FELADAPUTA TÁ ABRINDO A PORTA PRA DIZER QUE EU SUBI NA CALÇADA E DEVIA MAIS ERA DAR UM TIRO NA CABEÇA.

— Tá bom. Pode sair.

Eita porra.

Saí, virei à direita para sair do estacionamento, parei na parada obrigatória (outra coisa que eu não esqueço mais).

— Não pode dirigir com o pé na embreagem.

Olhei para o meu pé esquerdo (não o filme, o meu pé esquerdo mesmo) e o danado estava lá, apoiadão no pedal da embreagem.

Corno manso dos infernos, se você marcar ponto por essa bobagem, eu te enfio esse pedal cu adentro.

O sujeito deve ter visto pelo meu olhar o que eu estava pensando, porque não marcou nada. Quando comecei a subir, ele se limitou a avisar:

— Estaciona ali para fazer a ladeira.

Ó LÁ. TÔ PARANDO, ESTA MERDA VAI MORRER, VOU PARAR LONGE DA GUIA E O CORNO VAI FALAR PRA EU SAIR CORRENDO E NÃO OLHAR PRA TRÁS.

— Pode ir.

Fiz a presepada toda de embreagem-acelerador-freio de mão, e o bicho milagrosamente saiu do lugar.

Logo depois da ladeira havia a maldita via preferencial responsável pela minha última reprovação. Dessa vez entrei com todo o cuidado, não veio carro nenhum. Contornei a rotatória e voltei para dentro do estacionamento.

Mais à frente, o lugar onde eu não dei seta da outra vez. Dessa vez, sinalizei uns cem metros antes. Parei onde tinha que parar, entrei à esquerda, outra rotatória, outra conversão à esquerda.

— Paro o carro ali?

— Isso, atrás daquele.

Fui parando, parando, parando, parei. Puxei o freio de mão, ponto morto. O examinador vindo do nono círculo do inferno abriu a porta e apontou para a guia.

— Olha aí, parou longe.

— É verdade. Foda-se, seu feladaputa, já passei.

— Pode desligar o carro. Seu boleto, seu RG.

— Muito obrigado. Bom dia, bom trabalho.

— Sgrumble.

Então lamba minhas bolas, veado.

Saí do carro e fui mostrar o papelucho ao Cláudio, instrutor mais paciente do universo.

— Parou longe, Marcão.

— Mas não errei mais nada.

— Deixa eu ver. Hum. Vixe, já era. Parabéns.

Agora imaginem a cena: este que vos fala, do alto de seus noventa e cinco quilos, pulando e rodando como uma gazela emaconhada.

Foi isso. As trapalhadas continuam acontecendo, mas dessa vez eu passei.

Louvem-me.

Agora eu tenho uma namorada, comecei minha carreira profissional e tenho carteira de habilitação. Esse final da adolescência é cheio de novidades…

105 comentários em “Um momento histórico”

  1. Putz, só de ler já fiquei tenso… Na minha segunda prova fui reprovado pelo pé na embreagem e porque arrumei o espelho no meio do teste. Bom, um filha da puta a menos pra encher o saco…

  2. Oleleo o Marcurélio é terror conseguiu em mizifi realmente um milagre com M maiusculo o pai aqui te felicita e esta pra chegar meu blog hein quero sua ajuda divulgacional abraços e saravá mizifio!!!!!

  3. Agora só a falta a de moto… HUHUHUHAHAHAHAHAHAHAAA (risada diabólica de vilão clássico de filme de aventura)

  4. Aleluia!!!! Pensei que nao fosse conseguir tirar! hehehehe… Parabens rapaz!

    O problema eh imaginar que posso te encontrar na rua, eu andando, vc dirigindo… Olha o perigo…

    Mesmo assim, parabens!

  5. Folow. manu… issu mostra pra eles que nem toda a area pública tem de ser “acalentada”pra poder funcionar… boua… … agora tira a de moto… mas só uma dica… sempre que vir uma HONDA BIZ AMARELA, COM UM CARA DE CAPACETE AZUL ESCURO,… todo cuidado é pouco… pode ser EU guiando a minha sem a devida HABILITAÇÃO…. huahahahahaha

  6. Amem irmãos… Eu disse que minha oração no “Vale do Sal” ia valer a pena.

    Isto era um “encosto”… Graças as nossas orações essa “legião do mal” saiu da sua vida, você está livre do “pai da mentira”, da patologia espiritual…

    Amem irmão?!?!

    Amem

  7. Amem irmãos… Eu disse que minha oração no “Vale do Sal” ia valer a pena.

    Isto era um “encosto”… Graças as nossas orações essa “legião do mal” saiu da sua vida, você está livre do “pai da mentira”, da patologia espiritual…

    Amem irmão?!?!

    Amem

  8. Ainda bem que não moro na mesma cidade que tu. Não corro o risco de cruzar contigo por nenhuma esquina. :D

    Parabéns, enfim. Tarda mas não falha!

  9. uuhhhuuuuuuu!!!!

    mandou bem Marcuaurélio!!!

    parabéns.

    congrats.

    depois dessa vou marcar minha prova e vou passar.

    você me inspira.

    todos os deuses te abençoem e a mim também amém.

  10. Aos trinta acabou a sua adolescença Marco? Tava demorando pra conseguir, mas deus é bom meus amiguinhos!

    -Agora imagina a cena: Marco Aurélio na rua, de carro conversível, cabelos ao vento, com a namorada no banco do carona, pasta estilo 007 no braço e atropelando as velhinhas pelo caminho… ai ai…

  11. Genial Marco, finalmente conseguiu. E coitado do instrutor, voce chamou a mãe dele de coruja e olha só, ele te aprovou. Torça para eu ganhar na Mega Sena, compro para você um Fiat 147 envenenado de presente. Como brinde, o adesivo “Jesus me ama, mas avisa ele que sou espada” no vidro de trás. Vai ficar estáile.

  12. Parabéns! não só pela CNH, que foi uma tourada, mas pelo seu modo de escrever. Isso dignifica seus professores de Português. No duro, sinceramente: você escreve muuuuito bem!

    Um beijão prá você e outro prá namorada,

    tia Dal.

  13. Parabéns! não só pela CNH, que foi uma tourada, mas pelo seu modo de escrever. Isso dignifica seus professores de Português. No duro, sinceramente: você escreve muuuuito bem!

    Um beijão prá você e outro prá namorada,

    tia Dal.

  14. caraleo, ri mto… heheheheheh

    eu passei na segunda, mas xinguei o examinador em pensamento tanto quanto vc.

    nos outros posts eu sempre pensava em contar a historia de um camarada que passou só na décima, mas eu ficava com medo de te deixar mais tenso ainda…

    parabéns, velhão!

    (agora… noventa e cinco quilos? caralho!)

  15. Parabéns, fidaputa! Agora você tem mais um meio de transporte possível para não lembrar (acredito nisso sempre, claro) de ir lá em casa… :D

    Ei, alguém aí em cima falou em “cabelos ao vento”?

    Beijo na bunda!

  16. Huuur. Muito bem, muito bem. Parabéns, pequeno gafanhoto.

    (Meu examinador foi uma mulher gorda com cara de mal-comida. E que história é essa de que você anda dignificando os outros?)

  17. Parabéns Marco. Acho que sua adolescência está terminando meio tarde… com 30 anos.

    Combinando tudo (carteira, carreira) você agora pode comprar aquele carro que sonha em ter a mais de 20 anos. Quer comprar um chevette 84?

  18. … Poxa… é tão bonito ver as crianças crescerem… criarem responsabilidade… estou emocionada. Parabéns!

  19. hahaha, eu fiz meu exame lá no shopping aricanduva também.

    meu instutor não foi filho da puta, mas ele não alava a boca, o que me desconcentrava muito.

    Não passou nenhum carro naquela via preferencial o dia todo, o ÚNICO passou quando eu tava lá, foda, rs. Mas ele ficou com medo de eu amassar o carro dele e me deu passagem. Bem, aquela ladeira é um terror, parei muito longe, foi lá meu erro.

    Parabéns

  20. Então Marco, parabéns!

    Já pensou que o que faltava das outras vezes era a lanterna de Javé? :D

    Agora Gazela emaconhada foi foda! Muito engraçado!

  21. Pô, meus parabéns!

    Mas não se subestime por ter feito o exame quatro vezes… eu fiz douturado em exames práticos: passei na sétima vez, eheheeheheh!

    Muito bom o seu blog, tá anotado lá no Daialand.

    Bjos.

  22. Marcos, PARABÉNS!

    Fiquei feliz e preocupada:

    Feliz por você ter passado

    Preocupada em saber que tem mais um (fora eu) que tem carteira e não sabe dirigir.

    Beijos

  23. Essa é sou obrigado a te parabenizar. Lembro-me bem, quando vc ainda trabalahava aqui na Cred-System, que um de seus sonhos era tirar essa carta de motorista e comprar um Jipão aberto dos lados. Agora é só comprar o Jipe. Parabéns novamente, Cabeça, e até mais…

  24. Nossos parabéns!!!

    Eu sabia que você não seria mais um a repetir 10 vezes o exame.

    Agora dê-nos a alegria de ler “A saga da categoria ‘A'” e prove ao mundo que você também pilota moto…e depois parta para o brevê.

  25. Uma das melhores coisas da minha vida foi passar no teste. Imagino que esteja feliz com o fim desse pesadelo.

    Mas lembre-se: sua carteira é temporária e, se você perdê-la, vai ter que fazer tudo de novo.

    ehehhehe

  26. Aê, seu Merda. Já tava na hora mesmo!

    Meus Parabéns! É mais um para engrossar as estatísticas de violência no trânsito!!!

  27. a imagem da gazela emaconhada dançando não sai da minha mente. hahaha.

    só queria registrar que você será um TRAIDOR do movimento se passar a andar só de carro por aí. eu ostento a minha CNH (tirada de prima, alias), mas me recuso a compactuar com esse sistema opressor, que é o trânsito paulistano. :P

    além do mais, se você virar um playboy, com rodas cromadas, aqueles sons de carro que dão pra fazer rave e tudo, como é que a gente vai se cruzar nos botecos do centro, em fins de tarde? hein? ;)

    e ah… essa sua história me faz levar a sério a minha mais nova crença no silêncio. certeza que tu não tinha tirado antes porque vermes jogavam maus agouros sobre você. :D

    tá, chega de bobagem. beijos, marcu!

  28. Li o começo da história como sempre lia Agatha… querendo pular pra última parte e saber o que acontecia no final. Mas mantive-me firme. E no fim soltei uma gargalhada… mas foi de PARABÉNS!! “feladaputa”(essa palavra entre aspas era para ser em itálico tá)

  29. Finalmente, hein… Agora já pode brincar de Carmaggedon por aí…

    ” Esse final da adolescência é cheio de novidades…” hahahahahah, foi o melhor final de post que podia ser feito…

  30. É isso aí, Marquaurélio! PCD! (Tradução: Pau no Cu do Detran!)Todos os examinadores do Detran têm mãe na zona, pau pequeno, mau hálito, cu rasgado e xereca fedorenta. São uns bostas de uns terroristas. Eu mesmo, que também tirei carteira de motorista (sou carioca, lá na terrinha é carteira “mermo”)depois dos 30, sofri por duas vezes nas mãos destes putos por causa de detalhes: uma porra de uma seta ali, uma bosta de uma baliza ali, e os arrombados te fodem. E para quê? Para que você gaste mais dinheiro fazendo um novo teste. Agora, quando estiver dirigindo, você vai ver uma porrada de gente fazendo todas aquelas merdas no trânsito que o pessoal na auto-escola e no exame considera “inadmissíveis”. Agora que já tenho carteira, só de sacanagem estaciono a dez metros da calçada, dirijo com uma mão só, ajeito o espelho em movimento e não ponho o cinto ao sair. Vocês aí do Detran não gostaram? Multem. E fodam-se.

  31. Passei sem pagar em 1984. Até hoje não sei porque, todo mundo pagava!

    Mas, o que me marcou foi o meu instrutor. O cara se afundava no banco do fusca (!) e ficava com os olhos no nível do painel, e parecia mergulhar em profunda meditação. So ficava com os pés atentos nos pedais do lado dele. Aí, ia resmungando para eu mudar as marchas, freiar, ligar a seta, virar à direita, … Às vezes metia o pé no freio e me impedia de abordar um hidrante ou mesmo um passante. Sem erguer os olhos. Era algo Zen, Jedi. A força estava comigo e eu só fui bater com o carro do pai, da irmã e até do sogro depois de estar com a carteira na mão. Como naquela época não tinha essa história de pontos, continuo com ela até hoje. Aliás, recém renovada :-)

    Parabéns! Como diz o meu cabelereiro crente (que não é viado;-) quando ganha algum campeonato de corte de cabelo, “Jesus segurou tua mão” (mas sem largar o chicote ;-)

  32. Marcaurélio, taí uma cena que eu gostaria de ter testemunhado: você pulando, lépido e fagueiro feito uma gazela no cio, com o sorriso maior que a sua testa. Parabéns, mizifio. :)

  33. Huahahahaa

    Sua mãe é uma coruja!

    Jura que vc lembrou disso??

    Não posso esquecer de xingar alguem assim…

    Parabens Markucho

  34. Puta merda, o sque pra tu aprendee anda de ecarro, é anda ded carro velho, você sabendo anda em carro velho, pronto passo. Tipw nesses carros velho tu pega as manha da coordenação motora nos pés, ai o lance da embreagem fica sussu nakeles carro novinhus da auto escola.

  35. Grande marco,. parabéns. Mas.. vc té carro já? rs.. por que tirar carteira e nao ter carro é o mesmo que comprar camisinha e nao ter mulher…rs

    Abraços

    Acessa meu blog cara…

  36. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk “sua mãe esfrega atum na xana e dá pro gato lamber…” essa foi demais!!!

    Bom, parabéns Marco, agora vc é o mais novo assassino autorizado da cidade de São Paulo, isso é demais da conta!!! rs***

    Abraços

  37. Cara, aconteceu algo semelhante comigo. Só que no meu caso era uma avaliadora tiazinha, uns 50 anos, terrorista até a última.

    Cada movimento meu ela me criticava:

    “Nossa, que curva horrível, meu Deus…”;

    “Você tem certeza de que quer mesmo tirar carta dirigindo desse jeito”;

    “Ai, meu Deus, agora é a balisa, agora é que eu quero ver…”;

    Meu filho, que curva é essa, você está abrindo demais…”

    Desejei que um raio a abrisse no meio e suas vísceras se espalhassem por todas os vidros do microônibus que eu estava guiando (era para a categoria “D”). Mas beleza, a infeliz queria me desconcentrar, mas quebrou a cara: não errei nada. também, depois de 14 aulas de volante…

    Mas que eu queria passar a roda por cima da cabeça dela, ah, véio, isso eu queria.

  38. “Sua mãe passa atum na xana e dá pro gato lamber” me deixou excitada.
    Pena não ter um gato aqui agora…

  39. Enquanto eu não tomo vergonha na cara de ir numa auto escola tirar a carteira me divirto muito com as suas historias… Hilarias!!! Parabéns pela carteira!!!

  40. caracás nem te conheço, mais imagino que vc se sentiu. risos muito risos.
    Bem agora que vc tem permissão pra dirigir não se esqueça que um aúnica multa já era sua tão esperada e CNH, já pensou vc ter que passar por tudo de novo?
    risos.
    Mais valeu meus parabéns.

  41. Cara….eu não sei nem o que é uma rotatória, mas eu me mijei de rir.

    Ah, e parabéns pela sua carteira!

  42. Aeeeeee!! rsrs Parabéns!!! Sabe que eu reprovei tbm na minha primeira prova da auto escola… derrubei o maldito pauzinho na hora da baliza… eu me senti a coisa mais escrota e inutil da face da terra… hoje sou uma pessoa feliz.. rs mas meu pai faz questão as vezes de dar uma de examinador carrasco e me enche o saco pq eu tbm ando com o pé apoiado na embreagem.. rsrs

  43. marco, o pedro me contou q vc conseguiu tirar a carteira e eu vim te dar os parabéns.. =) da próxima vez q vc vier a brasília, a gente tira um racha.. argh.. racha.. eca.. não, melhor não..

  44. Fala ó imperador Marcus Aurélius,
    Não poderia perder a oportunidade de deixar meus singelos parabéns, e dizer que Vossa Excelência é um brasileiro como ninguém, pois não desiste nunca…
    abraços

  45. Fala, Marco Aurélio, parabéns, velhinho! Depois tem que contar como foram as primeiras excursões já com carteira pela megalópole alucinada. Aí sim que vai ser difícil! Quem consegue dirigir no trânsito agressivo e maluco de SP consegue dirigir em qualquer lugar…

  46. Caramba, meu nem acredito que você conseguiu hen.Mas fala sério já tava demorando, achei que nunca iria conseguir, ate acendi uma vela pra você Santo Espedito.srrsrs.Mas de coração você é foda . Tchau….

  47. Puts!… Valeu por me fazer rir num dos piores dias da minha vida…Pra dizer a verdade essa sua história parece muito com a de qdo eu passei no exame. No meu caso foi na terceira tentativa, depois de ter deixado o carro morrer 2 vezes na ladeira (no primeiro exame) e de ter sido acusada pelo infernizador…ops! examinador de quase tê-lo tirado a vida (no segundo exame). Tudo bem q eu tenho 23 anos e isso aconteceu qdo eu tinha 19, mas deixemos isso pra lá.

  48. ahhhh,q inveja!!! fiz prova essa semana e rodei pela segunda vez!! hunf!! :(
    (sempre visito teu blog, mas nunca comento, só que depois desse post eu tive q comentar… ai q raiva… não de ti claro hehe)

  49. Putzz… parabens marcónn !!! Fiquei muito emocionada msm com sua aventura…hahahaah mas imagino vc tirando de moto… vai sofrer…hahahah mas torço por vc !!!!

  50. Não entendo essa merda de pé na embreagem. Na primeira vez que fiz o exame fui reprovado por causa disso. Como, diabos, meu pé na porra da embreagem pode prejudicar alguém? Prejudica o carro, mas o carro é meu. Se eu tiver um ataque de nervos e quiser destruir meu carro com uma marreta, o que o Detran tem haver com isso?

  51. OLHA, há tempos eu não passava aqui e em outros blogs, e eu lembro que da última vez que passei aqui, vc estava tirando carta.
    é isso aí! parabéns!
    (que catso é esse disclaimer aqui?)

  52. Marcurélio faz muito tempo que não tenho o prazer de ler seu blog. E voltei lendo justamente essa boa notícia ! Parabéns por finalmente entrar na idade adulta !!(risos)

    Cara, a fala do instrutor é idêntica a da japonesa revoltada que acompanhou meu exame a longos 11 anos atrás… Foi um belo flashback. Espero que tenham ensinado ela a sorrir, ou pelo menos a disfarçar a cara amarrada…(rs)Xinguei umas 10 vezes mais que vc…(rs)

    Parabéns !!

  53. oi, eu não o conheço, mas lendo sua história vc me fez relembrar que eu preciso remarcar essa porcaria de exame… até agora fui reprovada duas vezes… que lixo!!! entrei no seu blog por acaso, tinha um link num blog de um amigo… bem, abraços e parabéns… aproveitando o ensejo, passa a placa do carro p/que eu possa ficar bem longe dele… kkkkkk… brincadeira… tchau!!!!

  54. Nossa kra eh a primeira vez q eu visito esse blog e gostei d+ mew,tah massa,morri d rir lendo a bíbia sacaneada e por favor atualizem esse blog sempre e façam os livros da bíblia sacaneados q faltam,vlw.

  55. Vc não me conhece e nem eu te conheço XD Mas adorei seu momento de cruxificação, redenção e ascensão aos céus dos motoristas! Eu ri deeemaiiss!! Mas parabéns!
    Na verdade passarei por um processo muito futuramente, meu exame prático tá marcado pra dia 25 ou 26…
    Lá vou eu pensar as mesmas coisas que vc na hora!! Hahauehauehaueh
    E pois é, né? Olha só, depois de quase 3 anos, eu venho aqui comentar…Vc já deve ter participado de vários rachas também! hauheuaheuae
    Abraços!

  56. Cara… mt bom o tópico, fui reprovado essa semana na minha segunda tentativa, achei que desta vez eu ficaria mais calmo, coisa e tal, mas meu pé parecia a de um super baterista, de tanto que tremia… enfim, errei a maldita da baliza, e tive outra chance, o maldito me avisou jah em cima do outro carro, não consegui fazer os sinais, e jah rodei, na terceira chance ele me mandou fazer uma baliza atras de uma van, vixi, perdi noção de espaço e tomei… enfim, reprovado… meu terceiro exame jah tah marcado, meu dim dim suado sempre indo… tirar carteira eh uma merda!!

Diga aí!