La Rialta

Um dos netos de Fabrizio Guzzoni encontrou este blog e fez a gentileza de me mandar a foto da placa que eu mencionei aqui:

Diga aí

17 comentários

  1. Não acredito que ele enviou a foto… Estou emocionada… afinal faço parte da história também… bjs, cris

  2. José Augusto = Zé, foi eu que fiz essa placa como muitas outras mas essa ai no dia que eu entreguei e fiquei sabendo o significado fiquei muito triste pois pensei comigo mesmo Sr. Guzzoni esta se despedindo desse lugar, e olha mais que lugar bonito,grande,tanta riqueza mas SOZINHO (tinha empregados)

  3. OIE,

    Gostei muito das historias que tem contatdo sobre o Cadoro, vê se descobre algo e nos mantem informado.

    Aproveita e vê se descobre que fim vai levar as coisas do hotel, será que o povo que comprou os lotes grandes vão revender nestas casas de usados ?

    continue seu trabalho, que esta indo muito bem !!!

    abraço

    Daniel

  4. Cara!
    Não é homossexualidade, nem nada do gênero, mas eu sou seu fã!!
    Eu comecei a escrever blogs por sua causa, seus post são o cúmulo da criatividade e a bíblia sacaneada me rendeu altas risadas!
    Eu terminei meu livro em junho de 2009 e até fiz uma citação dos seus post em uma determinada parte do romance.
    Fiquei triste quando li que o Jesus Me Chicoteia estaria parado, mas me senti quaze uma gazela (força de expressão -,-) quando vi nova postagem.
    Você é digno do sacerdócio do grande deus Quizu!! (o deus da putaria e safadeza)

    Obrigado pelos momentos de safadeza, e digo que meu blog é inspirado em você (não sou tão bom com blogs, mas o livro tá pronto e espero publicação até o final desse ano ‘isso se alguma editora me aceitar, ou então tentarei a carreira independente’).
    Você é foda!
    Abração!

  5. Macaurélio!!!!

    AQUI É O TEU DEUS QUE TE FALA, E EM VERDADE VOS DIGO: Cadê os Posts! Bora trabalhar! Que vc não chegou nem na metade do velho testamento!!!

    SENÃO VAI TER SANGUE!!!! SAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAANGGGGGGGUUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!!!!!

  6. Cidadão Kane da Hotelaria Brasileira.
    Eu falo que essa merda dá um filme pra ganhar Oscar…
    Até título já tem: “La Rialta”

  7. Sei que Marco Aurélio acertou na mosca, quanto à figura do ‘rico honesto’. Se aquele hotel fosse comandado por corruptos, estaria lotado e brilhando. Acredito que até o indivíduo corrupto é vítima da situação (pra eles, uma ‘mera’ oportunidade). Defendo que corrupção é um crime hediondo, talvez o pior de todos. Esse pessoal do Ca’d’Oro, pelo que dizem, é um exemplo que virou minoria. Já ouvi uns dizerem que Sr. Fabrizio e outros diretores são heróis num país de crápulas. Acho que é a verdade.

Diga aí!