Doze homens, Outro Segredo e Uma Perna Mecânica 14

Your ads will be inserted here by

Google Adsense.

Please go to the plugin admin page to set up your ad code.

Eu deveria prestar mais atenção no que diz o Daniel. Se, por exemplo, eu tivesse levado a sério esse post, não teria gastado meu dinheiro no ingresso de Ocean’s Twelve. Como é que se consegue fazer uma seqüência tão ruim para um filme tão bom quanto é Ocean’s Eleven? Bom, talvez o fato de o primeiro ter um original em que se basear.
Enfim, não vou falar muito do filme: tem seus bons momentos, é engraçado, tem homens para todas as mulheres e tem Catherine Zeta-Jones para todo mundo. O que eu achei do filme é bem parecido com o que escreveu o Daniel. O que me chamou a atenção, no entanto, foi a música que toca no começo e no final. A letra era em italiano, mas aquela melodia me era muito familiar. Fui procurar agora lá no IMDB e lá está: trata-se mesmo de Sentado à Beira do Caminho, de Roberto e Erasmo Carlos, numa versão italiana chamada L’Appuntamento. É, junto com Zeta-Jones, o melhor do filme.

Posts aleatórios

Your ads will be inserted here by

Google Adsense.

Please go to the plugin admin page to set up your ad code.

Loading…

Your ads will be inserted here by

Google Adsense.

Please go to the plugin admin page to set up your ad code.

14 thoughts on “Doze homens, Outro Segredo e Uma Perna Mecânica

  1. Reply ale siedschlag Jan 23, 2005 16:46

    Pô, Ornella Vanoni é massa…

    Conhece Fausto Leali? E Mina? Acho q vai curtir.

    Bacioni

  2. Reply aninhaa Jan 23, 2005 18:02

    Ah, vá, vá, vá! O filme não é ruim!

    E você podia ter posto um link pro George Clooney. HUMPF!

  3. Reply Alexandre Jan 23, 2005 19:51

    então não vá ver ‘alexandre’ também. oliver stone desconstruiu o mito transformando o grande num chorão. um cara que aos 27 anos já dominava 90% do planeta conhecido jamais poderia se dar ao luxo de ser um conflituosozinho da estrela. na verdade, eu já suspeitava que o filme era ruim, só fui assistir mesmo porque o alexandre é meu xará e porque o colin farrell é uma graceeeeeinha. :~

  4. Reply Bear Jan 23, 2005 21:41

    É. Aquela música é inconfundível.

  5. Reply Diego Barreto Jan 24, 2005 10:50

    O filme realmente é deplorável. Não tem a menor graça e ao que eu me lembro do primeiro, foi bom. Muito confuso o filme.

  6. Reply Kursch Jan 24, 2005 11:45

    você se divertiu? então tá bom

  7. Reply Marcelo Rodrigues Jan 24, 2005 15:33

    Po tem tambem o carinha jogando capoeira…mó propaganda tupiniquim meu…

    Vi este filme sábado no UCI e sai com a sensação de perda de 2 horas da minha vida…sem contar a baita dor nas costas por causa daquelas merdas de cadeiras do UCI.

  8. Reply Daniel Lima Jan 24, 2005 20:13

    “Eu deveria prestar mais atenção no que diz o Daniel.”

    Quem diria: com a idade, as pessoas realmente amadurecem.

  9. Reply Daniel Lima Jan 24, 2005 20:14

    E já que desfruto de um pico de confiança em relação a você, guarde essa com carinho: não perca “O Aviador”. FODA.

  10. Reply Mari Jan 27, 2005 12:34

    apoio em genero numero e grau e preciso dizer que amei seu blog!

  11. Reply Mari Jan 27, 2005 12:34

    apoio em genero numero e grau e preciso dizer que amei seu blog!

  12. Reply Alex Jan 27, 2005 16:25

    Eu ainda por cima paguei 11 reais e uma mega pipoca do cinemark, por um filme que mal valeria o preço de uma mídia podre pra guardar em divx. Decepcionante. O pior foi o ladrão passando pelos lasers imitando o filme a armadilha

  13. Reply Fernando Cals Jan 31, 2005 19:22

    Oi, Marco Aurélio,

    uma das boas músicas da dupla, na verdade, do Erasmo. A cara do Tremendão.

    Abração

    fernando cals

  14. Reply Daniel Feb 1, 2005 14:26

    O pior foi que eu li que o Sondemberg achou o segundo filme tão bom que já planeja uma continuação. O problema, segundo ele, é contar uma história tão boa quanto as dos dois primeiros. O segundo filme é uma bosta tão grande que uma amiga, que estava assistindo comigo, saiu na metade por não aguentar. E eu, só resisti, porque queria diminuir a impressão de dinheiro jogado fora. O pior: assisti no dia da estréia.

    (agora, se vc quiser discutir “Closer”, aí são outros quinhentos…)

Diga aí!