A saída do Egito

— Muito bem, nossa repórter está nas imediações da estrada que sai de Gósen em direção a Sucote, no Egito. Parece que temos um congestionamento recorde por aí, é isso?
— Isso mesmo. Devido ao feriado da Páscoa, 600 mil homens hebreus estão saindo do Egito. Há ainda mulheres, crianças e muitos animais. Saíram de Gósen hoje, em direção ao norte, onde fica Sucote. Segundo informações ainda não confirmadas, de Sucote eles pretendem partir para Canaã, onde passarão a viver. Está aqui ao meu lado o líder desse movimento, Moisés. Hebreu criado na côrte egípcia, ele largou tudo para levar esperança a seu povo. Moisés, andam dizendo pora aí que não é só uma viagem para aproveitar o feriadão. Vocês disseram ao Faraó que iam a uma festa no deserto, mas há rumores de que vocês estariam na verdade partindo para Canaã, para nunca mais voltarem.
— A v-v-verdade é q-q-que o p-po-povo de I-I-IIIIIIIIIIII… I-I-IIIIIIIIIIIIIIIIIIII…
— Arram. Deixa que eu falo, Moisés. Cê tá muito emocioando. Olá, eu sou Arão, irmão e assessor de imprensa do Moisés. Meu irmão estava dizendo que o povo de Israel não pode mais suportar a situação que vive no Egito. Nós, hebreus, habitávamos no Egito há 430 anos, primeiro como hóspedes, depois como escravos. Mas nosso deus, Javé, nos libertou, e agora estamos indo embora para não voltar mais. E, mesmo que quiséssemos voltar, os egípcios não aceitariam.
— Arão, mas não é um prejuízo muito grande para a nação egípcia a perda repentina de toda essa mão-de-obra?
— De fato, o prejuízo é incalculável. Mas muito pior seria se permanecêssemos aqui. Javé acabou com esses caras: transformou a água em sangue, mandou rãs invadirem o país, depois piolhos, depois moscas, fez adoecerem e morrerem os animais, encheu os egípcios de furúnculos, mandou do céu uma chuva de granizo que arrasou tudo, e ainda mandou gafanhotos, que acabaram com o restinho que escapara da saraiva, e depois fez com que tudo ficasse totalmente escuro por três dias.
— Puxa vida, esse deus de vocês aí é bem raivoso, hein? Bom, depois de tudo isso não é de se espantar que o Faraó tenha deixado vocês saírem do Egito.
— E quem disse que ele deixou? A cada praga nova que vinha ele chamava a gente, dizia que estava arrependido, que ia deixar o povo ir. Aí Moisés batia um fio pra Javé, pedia pra aliviar pro lado do Faraó. Era o que bastava: o filho da puta esquecia sua promessa e tudo permanecia igual.
— Ué, mas e aí? Como foi que vocês conseguiram convencê-lo?
— Ah, a noite passada Javé passou de casa em casa, matando os filhos mais velhos de todo mundo. Nem o filho do Faraó escapou.
— Arão, você quer mesmo que eu acredite nisso? Nenhum deus seria tão cruel assim.
— Pois o nosso é. E deu resultado, pode ver aí: os egípcios imploraram para que saíssemos do Egito.
— Mas ele matou os filhos de um monte de gente que não tinha nada com isso! Se ele é assim tão poderoso, por que não veio pessoalmente e tirou o povo do Egito?
— Ah, os caminhos de deus são misteriosos.
— ARGH! Vamos voltar para o estúdio. O deus desses caras me revirou o estômago

Posts aleatórios

Loading…

Diga aí!